Tudo Sobre

Concurso Profissões e Cursos

Tecnólogo em Processos Ambientais

Planeja, gerencia e executa ações ambientais.



Redação
Publicado em 09/05/2008, às 14h29

Profissional planeja, gerencia e executa ações ambientais, bem como realiza pesquisas tecnológicas visando ao desenvolvimento sustentável. Curso tem duração de três anos e inclui estágio supervisionado obrigatório


O Tecnólogo em Processos Ambientais é o profissional com a função de planejar, gerenciar e executar ações ambientais, bem como realizar pesquisas tecnológicas visando ao desenvolvimento sustentável.

É quem faz o controle ambiental nos processos industriais, coordenando os estudos nas áreas de efluentes líquidos, resíduos sólidos e emissões gasosas. Também implementa sistemas de gestão ambiental, avaliando os processos de produção, com o objetivo de maximizar a reciclagem, otimizar o consumo de energia e de recursos naturais e minimizar os impactos ambientais decorrentes. O Tecnólogo nessa área procura cooperar na pesquisa e no desenvolvimento de tecnologias mais limpas de interesse para a sociedade.

"O Tecnólogo em Processos Ambientais pode trabalhar de forma individual ou em equipe. Poderá atuar como empregado ou autônomo, a céu aberto, como em aterros e construção civil, em embarcações, em plantas industriais, com espécimes animais e vegetais, em planos elevados, em ambientes confinados (mineradoras, túneis e galerias) e também com exposições a riscos físicos, químicos e biológicos", explica Pedro Teruji Minamidani, coordenador técnico do curso superior de Tecnologia em Processos Ambientais da Escola Senai Mário Amato, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista.

De acordo com o educador, as oportunidades concentram-se na área industrial, na agroindústria, setores de alimentos, automobilístico, de biocombustíveis, cerâmica, construção civil, eletroeletrônica, áreas farmacêutica, mecânica, metalúrgica, pesqueira, de plásticos e borracha, química e petroquímica, siderúrgica, têxtil, transportes, em mineradoras, empresas de tratamento e destinação de resíduos, de tratamento de efluentes, usinas sucroalcooleiras, gráficas, setor moveleiro, empresas de tratamento de águas, usinas de transformação de energias.

"Considerando a área pública, o profissional encontrará campo em órgãos, unidades de conservação e vias públicas. Na área educacional, existem os centros de pesquisa, creches, orfanatos e asilos, escolas e universidades. A área comercial também está absorvendo Tecnólogos em Processos Ambientais: clínicas, locais de entretenimento, feiras livres, hospitais, laboratórios, mercados, parques temáticos, shoppings, zoológicos, bancos, hotéis, restaurantes e postos de combustíveis. Em termos do terceiro setor, o Tecnólogo nessa área também pode atuar em associações, instituições e Ongs", aponta Minamidani.

Curso

O curso superior de tecnologia em Processos Ambientais, ministrado na Escola Senai Mário Amato – (11) 4109-9499 –, tem duração de seis semestres e confere o certificado de Analista Ambiental.

"O profissional com essa graduação possui amplas possibilidades de evoluir na carreira, podendo ocupar cargos de assessor ambiental, auditor ambiental. consultor ambiental, docente, especialista ambiental, gestor ambiental, perito ambiental, secretário de meio ambiente ou diretor de meio ambiente", enfatiza Minamidani.

De acordo com o coordenador, "as aulas teóricas do curso são subsidiadas pelas práticas. Os alunos fazem uso de mais de uma dezena de laboratórios e oficinas, além de participarem de programas em parceria com outras instituições. Eles também são submetidos a 400 horas/aula de estágio supervisionado obrigatório".

"Para atuar nessa área o profissional tem que ser ético acima de tudo, gostar de elaborar projetos ambientais, gostar de realizar manejo de resíduos e análises ambientais, bem como de desenvolver processos e produtos", completa Minamidani.

Mercado

Promissor. É dessa forma que o profissional do Senai avalia o mercado de trabalho para quem segue a carreira de Tecnólogo em Processos Ambientais. "O desenvolvimento sustentado, no qual as atividades humanas devem se embasar, preconiza não apenas o fator econômico e a inclusão social, mas também o meio ambiente. Então, o mercado é bastante promissor", explica.

Para Minamidani, as áreas de atuação mais favoráveis a esse profissional, no momento, são a da indústria os processos, controles e os sistemas de gestão integrada.

"A melhor forma de se iniciar profissionalmente no setor é começar a atuar como estagiário da área ambiental concomitante ao curso. A atualização na carreira se consegue por intermédio de capacitações, participando de cursos, palestras, seminários, simpósios, congressos, feiras dentre outros eventos", relata o educador, que acrescenta: "como em qualquer profissão, a remuneração é proporcional à competência do profissional, porém o salário médio gira em torno dos R$ 2 mil".

Rogerio Jovaneli/SP

+ Resumo do Concurso Profissões e Cursos

Profissões e Cursos
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda do Concurso

09/05/2009 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas