Aprendizado de idiomas precisa ser sentido para ter significado

Redação
Publicado em 22/12/2010, às 10h45

O mercado de trabalho pede cada vez mais especialização em idiomas como o francês e o chinês. Mas não basta decorar as palavras e saber formular frases na língua para ser um profissional completo e hábil na comunicação.Esse é o ponto de vista defendido pela entrevistada dessa edição do JC Entrevista, Lilian Simões.A diretora da Essential Idiomas argumenta sobre a vivência do aprendizado com o coração para o conhecimento ser internalizado e compreendido, entre outros pontos de vista. Assista!

Comentários

Mais Lidas