Empregos AlmavivA 2020 Inscrições Abertas

Orgão: AlmavivA - AlmavivA do Brasil
Nº vagas: 1373
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Teleoperador
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário:
Estados com Vagas: AL, MG, PI, SE, SP

Publicado em 25/08/2008, às 09h42 - Atualizado em 12/01/2021, às 08h54


A AlmavivA do Brasil está com aproximadamente 1.373 vagas abertas na área de contact center e customer experience. Somente no Estado de São Paulo são 514 postos de trabalho, em quatro unidades operacionais. Em Sergipe, são oferecidas 330 vagas, em Alagoas, 134, no Piauí, 200 posições e, em Minas Gerais, há 195 colocações disponíveis.

Todos os postos de trabalho são para atividades de atendimento a clientes, em regimes presencial e também em home office. A empresa está com 60% de seus colaboradores em regime de teletrabalho.


Cronograma

Abertura das inscrições03/11/2020
Encerramento das inscrições31/12/2021

Notícias do concurso AlmavivA 2020

Provas AlmavivA - AlmavivA do Brasil

Nenhuma prova encontrada

Sobre AlmavivA - AlmavivA do Brasil

A AlmavivA do Brasil é uma empresa de Contact Center e especializada gestão do relacionamento com clientes (CRM) e business process outsourcing (BPO) do País. Atende as mais variadas empresas nacionais e multinacionais, líderes em setores como telecom, bancos digitais e de investimento, meio de pagamento, seguradoras, varejo/e-commerce, bens de consumo e de utilities, oferecendo um portfólio de soluções multicanais que combinam a inovação tecnológica à ampla experiência em relacionamento com o cliente. A AlmavivA do Brasil possui sites e escritórios em Aracaju (SE), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Guarulhos (SP), Itu (SP), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Limeira (SP), Maceió (AL), São Paulo (sede e central na capital) e Teresina (PI). A companhia pertence ao Grupo AlmavivA, líder italiano em tecnologia da informação e comunicação, com um total de 65 sedes distribuídas em oito países: Itália, Bélgica, Brasil, China, Colômbia, Estados Unidos, Romênia e Tunísia.


Comentários

Mais Lidas