Concurso Coren CE 2021 Em andamento

Orgão: Coren CE - Conselho Regional de Enfermagem do Ceará
Nº vagas: 7
Taxa de inscrição: De R$ 75,00 Até R$ 100,00
Cargos: Técnico-administrativos, Enfermeiro
Áreas de Atuação: Administrativa, Saúde
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 3424,91 Até R$ 5131,37
Organizadora: Cebraspe
Estados com Vagas: CE
Cidades: Fortaleza - CE

Publicado em 18/02/2021, às 09h22 - Atualizado em 28/08/2021, às 18h00


O concurso Coren CE (Conselho Regional de Enfermagem do Ceará) preencherá sete vagas mais cadastro reserva nos cargos de enfermeiro fiscal e técnico administrativo em Fortaleza. 

Mais informações:

Distribuição das vagas

Técnico Administrativo: (Duas vagas + Cadastro Reserva), com exigência de escolaridade nível médio, remuneração de R$ 3.424,91 e jornada de trabalho de 40 horas por semana.

Enfermeiro Fiscal: (Cinco vagas + CR), com exigência de nível superior em Enfermagem e registro regular no Conselho por pelo menos três anos, remuneração de R$ 5.131,37 e jornada de trabalho de 30 horas por semana.

Atribuições dos cargos

Enfermeiro Fiscal: realizar fiscalizações do exercício profissional na circunscrição do COREN/CE, de acordo com o planejamento previamente elaborado e sua designação; atender às determinações da Coordenação do Departamento de Fiscalização; elaborar os registros específicos das ações e relatório das verificações, notificações e outros elementos comprobatórios, integrantes do processo de fiscalização; apresentar de forma sistemática instrumentos referentes às atividades desenvolvidas; esclarecer aos profissionais de enfermagem, e sempre que possível, aos dirigentes das instituições de saúde, ensino e de demais serviços de enfermagem, a respeito do Sistema COFEN/Conselhos Regionais; orientar os 2 profissionais de enfermagem a proceder a sua regularização perante o Conselho Regional, notificar os que estão em exercício irregular e afastar das atividades de enfermagem aqueles que estiverem em exercício ilegal; participar das reuniões com a coordenação do Departamento de Fiscalização, para apresentação e discussão de relatórios das atividades realizadas e elaboração de novos planos de trabalhos; realizar palestras na área de circunscrição do COREN/CE ou fora dela, quando designado pela diretoria do Regional ou coordenação do Departamento de Fiscalização; prestar esclarecimentos aos profissionais de enfermagem e atender quando necessário ao público de modo geral — presencialmente, via telefone e(ou) e-mail —, bem como aos profissionais convocados ou outros que necessitem de orientação referente às normatizações do exercício da enfermagem; auxiliar outros setores do COREN/CE, quando necessário e(ou) solicitado pela Presidência/Diretoria/Coordenação de Fiscalização, dentro dos limites de suas atribuições; integrar comissões, quando designado; executar outras tarefas, sempre que necessário ou quando solicitado pelo plenário ou diretoria do COREN/CE, desde que dentro dos limites de suas atribuições como fiscal e empregado público; participar de programas de divulgação do Sistema COFEN/Conselhos Regionais, legislação e Código de Ética; orientar quanto à elaboração e apresentação de denúncias, visando sua respectiva fundamentação, reduzir a termo as denúncias apresentadas de forma verbal por denunciante e proceder aos devidos encaminhamentos; esclarecer quanto à Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e Registro de Empresa (RE); contribuir com o enfermeiro responsável técnico, quanto à organização do serviço e suas atividades; solicitar de autoridade policial garantia de acesso às dependências de onde ocorrer o exercício profissional da Enfermagem, quando houver impedimentos ou obstáculo da ação de fiscalização, informando à Coordenação do DEFIS e solicitando apoio do Departamento Jurídico do Regional sempre que necessário; elaborar relatórios mensais de suas atividades desenvolvidas no Departamento de Fiscalização, conforme modelo adotado; praticar todos os atos administrativos para instrução processual e praticar aqueles delegados, nos termos da Lei; acompanhar os processos administrativos de fiscalização, organizando a documentação, conferindo a situação inscricional dos profissionais de Enfermagem por meio da listagem nominal fornecida pelas Instituições, entre outras atividades administrativas pertinentes, na ausência do agente administrativo, auxiliar de fiscalização ou sempre que necessário para manutenção da ordem do processo; realizar a supervisão e fiscalização de contratos do COREN/CE, quando designado por meio de portaria; ser detentor do suprimento de fundos do COREN/CE, quando designado por meio de portaria; fiscalizar, acompanhar e atualizar o patrimônio do COREN/CE; Inserir no portal eletrônico do COREN/CE os dados relativos à Lei de Acesso à Informação; representar o COREN/CE nas diversas atividades, quando solicitado pela Diretoria ou Plenário.

Técnico Administrativo: executar serviços de apoio nas diversas áreas administrativas e de assessorias; organizar e controlar correspondências, ofícios, ofícios circulares, redigir atas e registro de reuniões; dar suporte as reuniões ordinárias e extraordinárias de Plenária e de Diretoria; fazer planejamento de ações para melhoria da rotina de trabalho, supervisão de projetos, programas e ações, designados por meio de portaria, processos e demais documentos do COREN/CE, visando a otimização do atendimento das necessidades de sua chefia imediata e das demais áreas; realizar a supervisão e fiscalização de contratos do COREN/CE, quando designado por meio de portaria; assistir a chefia imediata, em assuntos de natureza administrativa e(ou) técnica, executando, controlando e acompanhando o desenvolvimento das tarefas do COREN/CE; identificar necessidades de material, conferência no recebimento, armazenamento e 3 conservação dos mesmos, mantendo atualizados os registros de estoque, assegurando o suprimento de materiais em sua área; otimizar o uso dos recursos disponíveis; fornece apoio administrativo às equipes, participando, sob orientação, dos processos de execução dos serviços e atividades de sua área; organizar e zelar pelos diversos bens de sua unidade de trabalho disponibilizados para a execução das tarefas; prestar atendimento ao público das mais variadas maneiras, tais como: atendimento telefônico, presencial, via email, entre outros canais de atendimento do COREN/CE; redigir correspondências, memorandos, ofícios, relatórios e outros trabalhos administrativos; organizar o arquivo de documentos recebidos e emitidos da área; elaborar tabelas e gráficos; elaborar a programação visual gráfica e editoração de textos e imagens, sob supervisão; elaborar planejamento estratégico da área em que atua; ser detentor do suprimento de fundos do COREN/CE, quando designado por meio de portaria; fiscalizar, acompanhar e atualizar o patrimônio do COREN/CE; inserir no portal eletrônico do COREN/CE os dados relativos à Lei de Acesso à Informação; pautar matérias, redigir artigos e assuntos referentes a divulgação, sob supervisão; registrar fotograficamente os eventos promovidos pelo Conselho e quando da participação de conselheiros, quando solicitado; enviar e receber malotes; protocolar e arquivar e distribuir correspondências; verificar, montar, organizar e registrar processos, verificando os documentos necessários para sua composição, numerando-os visando controle e coerência; requisitar serviços de manutenção de moveis, equipamentos, máquinas e instalações; oferecer suporte a processos licitatórios com base nas diretrizes superiores, para aquisição de materiais, equipamentos e serviços; providenciar junto a agências de viagens a emissão e reserva de passagens, assim como reserva em hotéis; estimar preço junto a fornecedores, montando tabelas comparativas e relatórios de apoio à decisão; exercer, sob supervisão, atividades impressão, gravação de fotolitos, realizar acabamentos diversos nos impressos do COFEN.

Conteúdo programático parcial

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de 29 sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Redação e correspondências oficiais. 7.1 Manual de Redação da Presidência da República.

ÉTICA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E LEGISLAÇÃO: 1 Ética e moral. 2 Ética, princípios e valores. 3 Ética e democracia: exercício da cidadania. 4 Ética e função pública. 5 Ética no setor público. 6 Lei nº 8.429/1992 e suas alterações. 6.1 Disposições gerais. 6.2 Atos de improbidade administrativa. 7 Lei nº 12.527/2011 e suas alterações. 8 Decreto Estadual nº 31.198/2013.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: 1 Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. 1.1 Direitos e garantias fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais. 1.2 Organização do Estado: União, estados e municípios; administração pública: servidores públicos civis. 1.3 Ordem econômica e financeira. 1.4 Ordem social: seguridade social e meio ambiente.

Conhecimentos específicos Enfermeiro Fiscal

Sistema Único de Saúde (SUS – Leis nº 8.080/1990 e suas alterações e nº 8.142/1990). 1.1 princípios, diretrizes, estrutura e organização. 1.2 Políticas de saúde. 1.3 Estrutura e funcionamento das instituições e suas relações com os serviços de saúde. 1.4 Níveis progressivos de assistência à saúde. 1.5 Sistema de planejamento do SUS. 1.5.1 Planejamento estratégico e normativo. 1.6 Direitos dos usuários do SUS. 1.7 Participação e controle social. 1.8 Ações e programas do SUS. 1.9 Legislação básica do SUS. 2 Vigilância epidemiológica e vigilância em saúde. 2.1 Programas de prevenção e controle de doenças transmissíveis prevalentes no cenário epidemiológico brasileiro. 2.2 Doenças e agravos não transmissíveis. 2.3 Programa Nacional de Imunizações. 3 Teorias e processo de enfermagem. Taxonomias de diagnósticos de 30 enfermagem. 4 Procedimentos técnicos em enfermagem. 5 Atendimento a pacientes em situações de urgência e emergência. 5.1 Estrutura organizacional do serviço de emergência hospitalar e pré-hospitalar. 5.2 Suporte básico de vida em emergências. 5.3 Suporte avançado de vida. 5.4 Atendimento inicial ao politraumatizado. 5.5 Atendimento na parada cardiorrespiratória. 5.6 Enfermagem em urgências. 6 Gerenciamento de enfermagem em serviços de saúde. 6.1 Gerenciamento de recursos humanos. 6.1.1 Dimensionamento, recrutamento e seleção, educação em procedimentos e métodos diagnósticos. 7 Agravos à saúde relacionados ao trabalho. 8 Gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde. 9 Pressupostos teóricos e metodológicos da pesquisa em saúde e enfermagem. 10 Central de material e esterilização. 10.1 Processamento de produtos para saúde. 10.2 Processos de esterilização de produtos para saúde. 10.3 Controle de qualidade e validação dos processos de esterilização de produtos para saúde. 11 Práticas de biossegurança aplicadas ao processo de cuidar. 11.1 Risco biológico e medidas de precauções básicas para a segurança individual e coletiva no serviço de assistência à saúde. 11.2 Precaução padrão e precauções por forma de transmissão das doenças. 11.2.1 Definição, indicações de uso e recursos materiais. 11.2.2 Medidas de proteção cabíveis nas situações de risco potencial de exposição. 12 Controle de infecção hospitalar. 13 Código de ética dos profissionais de enfermagem. 14 Legislação em enfermagem. 15 Lei nº 10.671/2003 (Estatuto do Torcedor). 16 Política Nacional de Atenção Básica (Portaria nº 2.436/2017).

Conhecimentos específicos Técnico Administrativo

LEGISLAÇÃO E NORMAS ESPECÍFICAS: 1 Lei nº 5.905/1973. 2 Lei nº 7.498/1986. 3 Decreto nº 94.406/1987. 4 Resolução COFEN nº 603/2019. 5 Resolução COFEN nº 646/2020. 6 Resolução COFEN nº 651/2020. 7 31 Resolução COFEN nº 581/2018. 8 Resolução COFEN nº 625/2020. 9 Portaria MEC nº 1.095/2018. 10 Resolução CNE/CEB nº 06/2012. 11 Lei nº 14.040/2020.

Curso grátis de língua portuguesa 

Acompanhamento

+++ A equipe JC Concursos apresenta o resumo do concurso Coren CE nesta página. O conteúdo programático e as atribuições na íntegra podem ser conferidos no edital abaixo, disponível entre os anexos.


Cronograma

Abertura das inscrições14/07/2021
Encerramento das inscrições27/08/2021
Prova03/10/2021
Divulgação do Gabarito05/10/2021

Notícias do concurso Coren CE 2021

Edital e Anexos

Abertura (25/05/2021) Edital de Abertura 2021
Abertura (14/07/2021) Reabertura de inscrições

Provas Coren CE - Conselho Regional de Enfermagem do Ceará

Nenhuma prova encontrada

Provas Cebraspe

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
TJ RJ Técnico Judiciário - Adminitrativa
Cebraspe
2008 Prova / Gabarito
TJ RJ Analista Judiciario Administrativa
Cebraspe
2008 Prova / Gabarito

» Ver lista completa

Sobre Coren CE - Conselho Regional de Enfermagem do Ceará

O Sistema Cofen/Conselhos Regionais é composto pelo Conselho Federal de Enfermagem e os Conselhos Regionais dos estados brasileiros. Foram criados em 12 de julho de 1973, através da Lei 5.905. Assim, todos os Conselhos Regionais estão subordinados ao Conselho Federal, embora resguardem suas prerrogativas de independência.

Filiado ao Conselho Internacional de Enfermeiros em Genebra, o COREN existe para normatizar e fiscalizar o exercício da profissão de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, zelando pela qualidade dos serviços prestados pelos participantes da classe e pelo cumprimento da Lei do Exercício Profissional.

 


Comentários

Mais Lidas