Concurso PM SP Autorizado

Orgão: PM SP - Polícia Militar de São Paulo
Nº vagas: 5605
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Soldado, Oficial
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 3216,00 Até R$ 7005,00
Estados com Vagas: SP

Publicado em 25/01/2020, às 03h26 - Atualizado em 24/07/2020, às 15h15


O novo concurso PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo)  para 2.700 vagas de soldado, já com edital elaborado, teve seus preparativos suspensos, em decorrência de decisão do governador João Doria. Com isto, o documento somente deve ser liberado após superada a crise de saúde ocasionada pelo Covid-19. Exigência de ensino médio, com inicial de R$  3.266,30

Concurso PM SP: saiba mais sobre a seleção 

O  aguardado novo  concurso PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) para soldados deve ser prioridade, quando superada a crise de saúde ocasionada pela Covid-19. A confirmação foi feita na última terça-feira, 21 de julho, pelo vice-governador do estado, Rodrigo Garcia, durante reunião virtual das comissões de administração pública e relações do trabalho e fiscalização e controle da Assembleia Legislativa (Alesp). "Neste momento, os concursos estão suspensos, seja da área civil ou da área militar, mas o governador João Doria já registrou que será prioridade na retomada pós-pandemia a questão do reforço na segurança pública", disse.  

A corporação já conta com concurso autorizado desde 25 de janeiro, para o preenchimento de 5.400 postos de soldados, por meio de dois concursos, de 2.700 cada. O primeiro já estava previsto para ter início no primeiro semestre, o que acabou não ocorrendo em virtude da suspensão dos preparativos em virtude da crise de saúde. O edital já estava praticamente pronto, inclusive com contrato assinado com a banca,  a Fundação Vunesp.

Para concorrer ao cargo é necessário possuir ensino médio, idade de 17 a 30 anos e altura mínima de 1,60m para homens e 1,55m para mulheres. Os interessados também devem possuir carteira de habilitação nas categorias "B" a "E". A remuneração inicial é de R$ 3.266,30, considerando o salário básico de R$ 2.674,66 e o adicional de insalubridade de R$ 691,64 

Também há concurso autorizado para oficiais, carreira com exigência de formação superior nas respectivas formações, das 75 vagas para tenentes na área de saúde, 41 são para tenente médico, com previsão de posse em dezembro de 2020, 26 para tenente dentista, com previsão de posse em dezembro de 2021, 2 de tenente veterinário, com posse em dezembro de 2021 e 6 para tenente farmacêutico, com previsão de posse em dezembro de 2021. Para a carreira de 2 tenente, o inicial é de R$ 7.005,90, incluindo salário de R$ 6.314,26 e o adicional de R$ 691,64.

A comissão é presidida pela coronel Monica Puliti Dias Ferreira, tendo como suplente o tenente coronel Décio dos Santos Gomes. Como vice-presidente foi nomeado o major Alan Fernandes, tendo como suplente a major Adriana Nunes Nogueira. Na coordenação técnica, o capitão O Brien Pineda Teixeira, tendo como suplente o primeiro tenente Bruno Scalco dos Santos

Concurso PM SP: veja dicas de Gramática 


Cronograma

Autorização do Concurso
Autorização do Concurso PM SP
25/01/2020
None14/03/2020

Notícias do concurso PM SP

Provas PM SP - Polícia Militar de São Paulo

Nenhuma prova encontrada

Sobre PM SP - Polícia Militar de São Paulo

A Polícia Militar de São Paulo (PM SP) tem em sua função prioritária a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública no Estado de SP. Para fins de organização é uma força auxiliar e reserva do Exército Brasileiro, assim como os demais órgaos de segurança pública do Estado e integra o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social brasileiro e está subordinada ao Governo do Estado de São Paulo através da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP).

Em 15 de dezembro de 1831, por lei da Assembleia Provincial, foi criado o Corpo de Guardas Municipais Permanentes, composto de cem praças a pé, e trinta praças a cavalo, em atendimento ao decreto Imperial baixado pelo Regente Feijó. A Polícia Militar, assim como o Corpo de Bombeiros, a Guarda Nacional, a Marinha e Exército Fixo, faziam parte da Força Pública do Estado de São Paulo. Seus integrantes são denominados militares estaduais (artigo 42 da CRFB), assim como os membros do Corpo de Bombeiros Militar de São Paulo (CB PMESP). Atualmente, em efetivo, é a maior polícia do Brasil e a terceira maior Instituição Militar da América Latina, contando com aproximadamente 100.000 policiais.


Comentários

Mais Lidas