Concurso Prefeitura de Colatina (ES) Encerrado

Orgão: Prefeitura Colatina
Nº vagas: 23
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Cozinheiro, Oficineiro, Coordenador
Áreas de Atuação: Administrativa, Educação
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1047,90 Até R$ 2066,53
Estados com Vagas: ES
Cidades: Colatina - ES

Publicado em 10/12/2020, às 08h26 - Atualizado em 17/12/2020, às 23h00


A Prefeitura de Colatina (ES) está com um processo seletivo aberto para 23 vagas mais cadastro de reserva, com salários até R$ 2.066,53. As inscrições estão abertas até 11 de dezembro na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, na rua Pedro Epichim, 260, centro de Colatina, das 08 às 17h.

Mais informações

Distribuição de vagas

Ofertas estão distribuídas entre os cargos:  Coordenador de Proteção Social Especial (7 + CR); Oficineiro - Artes e Artesanato (2 + CR); Oficineiro Esporte (2 + CR); Oficineiro Música (1 + CR); Oficineiro Capoeira (1 + CR); Oficineiro Artes Marciais (1 + CR); Oficineiro Recreação (2 + CR); Cozinheiro (7 + CR).

Atribuição dos cargos ofertados

CARGO: COORDENADOR(A)/ PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL

  •  Conhecimento Básico sobre a legislação referente à Política Nacional de

Assistência Social - PNAS e do Sistema Único da Assistência Social (SUAS);

  •  Conhecimento da realidade social do território e da rede de articulação dos

serviços da secretaria de assistência social;

  • Noções sobre direitos humanos e sociais;
  • Coordenar o funcionamento do serviço;
  • Manter articulação/parceria sistemática com instituições, programa, projetos e

serviços governamentais e não governamentais;

  • Coordenar o processo de entrada, atendimento, acompanhamento e desligamento

das famílias e indivíduos;

  •  Garantir que as ações implementadas no serviço sejam pautadas nas diretrizes do

SUAS;

  •  Garantir o planejamento, registro, execução, monitoramento, avaliação do serviço;
  •  Participar de comissões, fóruns, comitê, conferência, conselhos e eventos

relacionados à demanda, participar das reuniões de equipe;

  •  Promover mediação de conflitos;
  • Não ausentar-se injustificadamente de seu local de trabalho.
  • Atuar com sigilo éticoprofissional de acordo com os princípios preconizados pela

Política Nacional de Assistência Social;

  •  Habilidade para se relacionar com famílias e indivíduos - atendendo as várias

faixas etárias (crianças, adolescentes, adultos, mulheres e idosos);

  •  Prestar informações/orientações;
  • Disponibilidade para participar de capacitações.

CARGO: OFICINEIRO(A) - ARTES E ARTESANATO

  •  Conhecimento da realidade social do território e da rede de articulação

dos serviços da secretaria de assistência social;

  •  Noções sobre direitos humanos e sociais;
  •  Ter habilidade com técnicas diversas de artesanato como:

(Biscuit,Decopagem, bijuterias, pintura em tele e tecido);

  •  Sensibilidade para questões sociais;
  •  Habilidade para se relacionar com famílias e indivíduos - atendendo as

várias faixas etárias (crianças, adolescentes, adultos, mulheres e idosos);

  •  Habilidade para trabalhar em equipe;
  •  Disponibilidade para trabalhar nos turno matutino, vespertino e noturno;
  •  Planejar e ministrar oficinas de assuntos diversos, nos grupos,

estimulando a criatividade e a autoestima do usuário;

  •  Orientar e arquivar as produções desenvolvidas pelos usuários;
  •  Atuar com a prestação de informações às famílias, mobilização social,

participação em ações na garantia dos direitos dos usuários através de visitas

(quando deliberado pela equipe) nos grupos de convivência, oficinas

socioeducativas planejando e ministrando oficinas de assuntos diversos nas

atividades (lúdicas, recreativas, esportivas, artesanais, lazer e cultura);

  •  Participar de reuniões sistemáticas de

planejamento/avaliação/capacitação;

  •  Ser assíduo e pontual ao trabalho cumprindo com rigor os horários,

jornadas e as cargas horárias estabelecidas;

  •  Atuar com sigilo ético-profissional de acordo com os princípios

preconizados pela Política Nacional de Assistência Social;

  •  Não ausentar-se injustificadamente de seu local de trabalho.
  •  Utilizar os insumos, equipamentos e ferramentas com atenção e cuidado

para a melhor aplicação dos recursos evitando desperdício.

CARGO: OFICINEIRO (A) - ESPORTE

  •  Conhecimento da realidade social do território e da rede de articulação

dos serviços da secretaria de assistência social, noções sobre direitos humanos

e sociais;

  •  Habilidade para se relacionar com famílias e indivíduos, atendendo as

várias faixas etárias (crianças, adolescentes, adultos, mulheres e idosos);

  •  Habilidade para desenvolver atividade esportiva;
  •  Participação em ações na garantia dos direitos dos usuários através dos

grupos de convivência e oficinas socioeducativas, planejando e ministrando

oficinas de atividades diversas (lúdicas, recreativas, esportivas, lazer e

cultural) estimulando a criatividade e a autoestima do usuário;

  •  Orientar e arquivar as produções desenvolvidas pelos usuários;
  •  Atuar com a prestação de informações às famílias, mobilização social,
  •  Participar de reuniões sistemáticas de

planejamento/avaliação/capacitação;

  •  Ser assíduo e pontual ao trabalho cumprindo com rigor os horários,

jornadas e as cargas horárias estabelecidas;

  •  Atuar com sigilo ético-profissional de acordo com os princípios

preconizados pela Política Nacional de Assistência Social;

  •  Não ausentar-se injustificadamente de seu local de trabalho.
  •  Utilizar os insumos, equipamentos e ferramentas com atenção e cuidado

para a melhor aplicação dos recursos evitando desperdício.

CARGO: OFICINEIRO (A)- MÚSICA

  •  Conhecimento da realidade social do território e da rede de articulação

dos serviços da secretaria de assistência social;

  •  Noções sobre direitos humanos e sociais;
  •  Habilidade para se relacionar com famílias e indivíduo, atendendo as

várias faixas etárias (crianças, adolescentes, adultos, mulheres e idosos);

  •  Habilidade para desenvolver atividades envolvendo a musicalidade e a

dança;

  •  Habilidade para desenvolver atividades com instrumentos variados;
  •  Planejar e ministrar atividades artísticas e musicais estimulando a

criatividade e a autoestima do usuário;

  •  Promover eventos referentes à musicalidade, a coordenação motora;
  •  Atuar com a prestação de informações às famílias, mobilização social,

participação em ações na garantia dos direitos dos usuários através de grupos

de convivência, oficinas socioeducativa;

  •  Participar de reuniões sistemáticas de

planejamento/avaliação/capacitação;

  •  Ser assíduo e pontual ao trabalho cumprindo com rigor os horários,

jornadas e as cargas horárias estabelecidas;

  •  Atuar com sigilo ético-profissional de acordo com os princípios

preconizados pela Política Nacional de Assistência Social;

  •  Não ausentar-se injustificadamente de seu local de trabalho.
  •  Utilizar os insumos, equipamentos e instrumentos com atenção e cuidado

para a melhor conservação dos materiais evitando desperdício;

  •  Acompanhar e registrar a frequência dos usuários;
  •  Não ausentar-se injustificadamente de seu local de trabalho.

CARGO: OFICINEIRO (A)- CAPOEIRA

  •  Conhecimento da realidade social do território e da rede de articulação

dos serviços da secretaria de assistência social;

  •  Noções sobre direitos humanos e sociais;
  •  Habilidade para trabalhar em equipe e atuar em grupo;
  •  Habilidade para se relacionar com famílias e indivíduos, atendendo as

várias faixas etárias (crianças, adolescentes, adultos, mulheres e idosos);

  •  Disponibilidade para trabalhar nos turno matutino,vespertino e noturno;
  •  Planejar e ministrar atividades artísticas e musicais estimulando a

criatividade e a autoestima do usuário;

  •  Promover eventos referentes à musicalidade, a coordenação motora;
  •  Atuar com a prestação de informações às famílias, mobilização social,

participação em ações na garantia dos direitos dos usuários através de grupos

de convivência, oficinas socioeducativas; Participar de reuniões sistemáticas de

planejamento/avaliação/capacitação;

  •  Ser assíduo e pontual ao trabalho cumprindo com rigor os horários,

jornadas e as cargas horárias estabelecidas;

  •  Atuar com sigilo ético-profissional de acordo com os princípios

preconizados pela Política Nacional de Assistência Social;

  •  Não ausentar-se injustificadamente de seu local de trabalho;
  •  Atuar com sigilo ético-profissional de acordo com os princípios

preconizados pela Política Nacional de Assistência Social;

  •  Utilizar os insumos, equipamentos e instrumentos com atenção e cuidado

para a melhor conservação dos materiais evitando desperdício;

  •  Acompanhar e registrar a frequência dos usuários;
  •  Ministrar prática de conjunto.

CARGO: OFICINEIRO (A)- KARATÉ

  • Conhecimento da realidade social do território e da rede de articulação

dos serviços da secretaria de assistência social;

  •  Noções sobre direitos humanos e sociais;
  •  Habilidade para trabalhar em equipe e atuar em grupo;
  •  Habilidade para se relacionar com famílias e indivíduos, atendendo as

várias faixas etárias (crianças, adolescentes, adultos, mulheres e idosos);

  •  Disponibilidade para trabalhar nos turno matutino,vespertino e noturno;
  •  Planejar e ministrar atividades artísticas e musicais estimulando a

criatividade e a autoestima do usuário;

  •  Promover eventos referentes à musicalidade, a coordenação motora;
  •  Atuar com a prestação de informações às famílias, mobilização social,

participação em ações na garantia dos direitos dos usuários através de grupos

de convivência, oficinas socioeducativas; Participar de reuniões sistemáticas de

planejamento/avaliação/capacitação;

  •  Ser assíduo e pontual ao trabalho cumprindo com rigor os horários,

jornadas e as cargas horárias estabelecidas;

  •  Atuar com sigilo ético-profissional de acordo com os princípios

preconizados pela Política Nacional de Assistência Social;

  •  Não ausentar-se injustificadamente de seu local de trabalho;
  •  Atuar com sigilo ético-profissional de acordo com os princípios

preconizados pela Política Nacional de Assistência Social;

  •  Utilizar os insumos, equipamentos e instrumentos com atenção e cuidado

para a melhor conservação dos materiais evitando desperdício;

  •  Acompanhar e registrar a frequência dos usuários;
  •  Ministrar prática de conjunto.

 

CARGO: OFICINEIRO (A)- RECREAÇÃO

  •  Conhecimento da realidade social do território e da rede de articulação

dos serviços da secretaria de assistência social;

  •  Noções sobre direitos humanos e sociais;
  •  Habilidade para desenvolver atividades recreativas para crianças e

adolescentes;

  •  Habilidade para se relacionar com famílias e indivíduos, atendendo as

várias faixas etárias (crianças, adolescentes, adultos, mulheres e idosos);

  •  Planejar e ministrar oficinas de assuntos diversos, nos grupos,

estimulando a criatividade e a autoestima do usuário;

  •  Orientar e arquivar as produções desenvolvidas pelos usuários;
  •  Atuar com a prestação de informações às famílias, mobilização social,

participação em ações na garantia dos direitos dos usuários através dos grupos

de convivência, oficinas socioeducativas planejando e ministrando oficinas de

assuntos diversos nas atividades (lúdicas, recreativas, esportivas, artesanais,

lazer e cultura);

  •  Participar de reuniões sistemáticas de

planejamento/avaliação/capacitação;

  •  Ser assíduo e pontual ao trabalho cumprindo com rigor os horários,

jornadas e as cargas horárias estabelecidas;

  •  Atuar com sigilo ético-profissional de acordo com os princípios

preconizados pela Política Nacional de Assistência Social;

  •  Não ausentar-se injustificadamente de seu local de trabalho;
  •  Atuar com sigilo ético-profissional de acordo com os princípios

preconizados pela Política Nacional de Assistência Social;

  • Utilizar os insumos, equipamentos e ferramentas com atenção e cuidado

para a melhor aplicação dos recursos evitando desperdício.

CARGO: COZINHEIRO (A)

  •  Bom relacionamento com crianças, adolescentes, mulheres e idosos;
  •  Noções sobre direitos humanos e sociais;
  •  Habilidade para trabalhar em equipe;
  •  Habilidade para se relacionar com as famílias e indivíduos;
  •  Preparar as refeições zelando pela higiene e qualidade dos alimentos;
  •  Servir lanches e refeições;
  •  Auxiliar na higienização de louças, utensílios e da cozinha em geral;
  •  Zelar pela conservação dos alimentos estocados, providenciando as

condições necessárias para evitar deterioração e perdas;

  •  Participar de programa de treinamento, quando convocado;
  •  Executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando-se de

equipamentos e programas de informática;

  •  Executar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício

da função;

  •  Atuar de forma dinâmica e responsável, primando pela sociabilidade em

seu ambiente de trabalho;

  •  Utilizar os insumos, equipamentos e instrumentos com atenção e cuidado

para a melhor conservação dos materiais evitando desperdício;

  •  Participar de reuniões sistemáticas de

planejamento/avaliação/capacitação;

  •  Ser assíduo e pontual ao trabalho cumprindo com rigor os horários,

jornadas e as cargas horárias estabelecidas;

  •  Atuar com sigilo ético-profissional de acordo com os princípios

preconizados pela Política Nacional de Assistência Social;

  •  Não ausentar-se injustificadamente de seu local de trabalho.

Acompanhamento

A equipe JC Concursos disponibiliza o resumo do concurso Prefeitura de Colatina nesta página, com as principais informações do processo de seleção. Mais informações estão disponíveis abaixo, no edital anexado.


Cronograma

Abertura das inscrições09/12/2020
Encerramento das inscrições11/12/2020
Divulgação do Resultado16/12/2020

Notícias do concurso Prefeitura de Colatina (ES)

Edital e Anexos

Abertura (10/12/2020)

Provas Prefeitura Colatina

Nenhuma prova encontrada

Sobre Prefeitura Colatina

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.


Comentários

Mais Lidas