Concurso Seds MG Previsto

Orgão: SEDS MG - Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais
Nº vagas: 270
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Agente socioeducativo
Áreas de Atuação: Segurança Pública
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário: De R$ 4098,00
Estados com Vagas: MG

Publicado em 18/09/2018, às 11h48 - Atualizado em 25/11/2021, às 14h18


Um novo concurso Seds MG (Secretaria de Estado de Defesa de Minas Gerais) está em planejamento. A oferta será de 270 vagas para o cargo de agente socioeducativo. Para concorrer é necessário possuir ensino médio, com remuneração inicial de R$ 4.098,45. O edital está previsto para 2022

Concurso Seds MG - Saiba mais sobre a seleção

O novo concurso Seds MG (Secretaria Estadual de Defesa de Minas Gerais) deve contar com uma oferta de 270 vagas para o cargo de agente socioeducativo, de acordo com as últimas informações divulgadas pelo governo do estado. A seleção já está em fase de escolha da banca, que deve ser anunciada no decorrer das próximas semanas. A intenção é publicar o edital de abertura de inscrições no primeiro semestre de 2022. 

Para concorrer ao cargo de agente socioeducativo é necessário possuir ensino médio, com remuneração inicial de R$ 4.098,45.

Assim que iniciado, o certame deverá ser composto de seis etapas:

  • provas objetivas e redação
  • avaliações de aptidão psicológica e psicotécnica
  • exames médicos
  • testes de condicionamento físico
  • investigação social
  • curso de formação

Concurso Seds MG: veja atribuições do cargo

Atribuições Gerais: exercer atividades de vigilância e escolta nos espaços intramuros e extramuros nos estabelecimentos da Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas - SUASE –, zelando pela integridade física, mental e emocional dos adolescentes em regime de internação e semi-liberdade; garantir a integridade do
patrimônio e a segurança dos servidores em exercício nas unidades de atendimento; assegurar o cumprimento das medidas socioeducativas; atuar como orientador no processo de reinserção social do adolescente em conflito com a lei

Atribuições Específicas: intervir pedagogicamente, de forma direta ou indireta, no processo socioeducativos dos adolescentes, através do diálogo, orientações e mediação de conflitos, sendo utilizada a contenção como último recurso; participar de reuniões técnicas e administrativas, quando convocado; participar da elaboração, execução e
avaliação do PIA – Plano Individual de Atendimento; registrar as irregularidades e fatos importantes para o atendimento técnico, no livro de ocorrências, ocorridas na admissão e desligamento dos adolescentes da unidade de internação, nas movimentações internas e externas, durante todo o cumprimento da medida socioeducativa; informar o superior imediato dos fatos e ocorrências descritas no item anterior; realizar e controlar a movimentação interna de adolescentes, acompanhando os atendimentos técnicos, os horários de lazer, cultura, esporte, as atividades escolares e os cursos profissionalizantes; atuar como um canal de comunicação entre o adolescente e os diversos setores de atendimento técnico do centro; realizar a identificação e revista no adolescente e vistoria nos seus pertences durante a admissão e desligamento da unidade de internação e nas movimentações internas e externas; vistoriar periodicamente os alojamentos; realizar a identificação e revista de visitantes e vistoria em seus pertences; registrar e acompanhar a entrada e saída de visitantes bem como as ocorrências de irregularidades durante a visitação; realizar a revista em funcionários e vistoria em seus pertences; vistoriar cargas e veículos que irão ingressar no centro (alimentação, materiais diversos); acompanhar as movimentações internas e os atendimentos aos adolescentes em pontos estratégicos; planejar, preparar e executar as movimentações externas junto com a equipe técnica; acompanhar os adolescentes durante as refeições; realizar a conferência diária e
identificar a quantidade de adolescentes no centro; intervir direta ou indiretamente em situações de emergência no centro, através de contenção, primeiros socorros, quando necessário, utilizando-se de intervenções pedagógicas após controlada a situação; zelar pela ordem, disciplina e segurança no interior dos centros de internação; desempenhar outras atividades compatíveis com as atribuições gerais contempladas no art. 4º da Lei nº
15.302/2004

Concurso Seds MG - veja dicas de preparação emocional


Notícias do concurso Seds MG

Provas SEDS MG - Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais

Nenhuma prova encontrada


Comentários

Mais Lidas