Para agentes

Concurso Seds/MG: continua expectativa para 2.300 vagas

Seleção deve suprir a necessidade de repor agentes penitenciários e socioeducativos em cargos contratados

0,00(0.0%)0 voto(s)

Fernando Cezar Alves
Publicado em 18/09/2018, às 11h48 - Atualizado em 03/07/2019, às 22h40

Mesmo com a confirmação de novo processo seletivo para contratação de agentes de segurança penitenciária em caráter temporário, continua a expectativa pela realização do novo concurso público da Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais (Seds/MG), anunciado em 10 de outubro de 2017 pela subsecretária Estadual de Gestão de Pessoal de Minas Gerais, Warlene Salum Rezende, para os cargos de agentes penitenciários e agentes socioeducativos, para substituição de pessoal temporário. Embora ainda não exista previsão de quando o concurso possa ter início, a seleção continua em pauta, independente da  contratação de pessoal temporário.

Em 2017, a seleção foi anunciada durante audiência da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas  (ALMG), que discutiu a política carcerária do estado e as demandas dos agentes, inclusive a manutenção do pessoal contratado. A expectativa é de que sejam oferecidas aproximadamente 2.300 vagas, para os cargos de agentes penitenciários e socioeducativos.

De acordo com o assessor de relações institucionais da Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag), Carlos Calazans, o estado não poderia mais prorrogar o prazo do contrato de 1.800 agente penitenciários, que venceram em dezembro, uma vez que atingirão o prazo limite permitido, que é de oito anos. Com isto, a expectativa é de que um novo concurso para a carreira, após a nova contratação de temporários.

Calazans disse que o impedimento decorre de decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ/MG) quanto à inconstitucionalidade desses contratos estendidos, mas destacou que a Advocacia Geral do Estado tenta buscar um outro entendimento com o Judiciário.

CURSO AGENTE PENITENCIÁRIO

Ressaltou, ainda, que poderiam ser mantidos apenas os contratos de outros 5 mil agentes penitenciários, que têm menos de oito anos de contrato.  Disse, ainda que os novos concursos que deverão ocorrer poderão contar com análise de títulos, para que os contratados tenham chances de ingressar efetivamente na carreira.

No caso dos agentes socioeducativos, todos os aprovados no último concurso já foram nomeados, tornando necessário realizar novo certame para suprir pessoal efetivo

Prova anterior Seds (MG)

Para auxiliar nos estudos, o JC Concursos liberou dezenas de provas de Agente Penitenciário, além dos gabaritos para consulta das questões aplicadas. Avalie se a organizadora será a mesma para o novo concurso Seds MG.

Comentários

Mais Lidas