Curso de especialização na UFG deverá ser gratuito

O recurso da Universidade Federal de Goiás, que ia contra decisão que afastou a cobrança de mensalidade relativa a curso de pós-graduação, foi negado pela 5ª Turma do Tribunal Federal da 1ª Região.

Redação
Publicado em 12/01/2012, às 15h11

O recurso da Universidade Federal de Goiás (UFG), que ia contra decisão que afastou a cobrança de mensalidade relativa a curso de pós-graduação, foi negado pela 5ª Turma do Tribunal Federal da 1ª Região.

A UFG argumenta que os cursos de especialização não estão inclusos nas dotações orçamentárias, ou seja, dependem de pagamento dos alunos para serem mantidos.

No entanto, o desembargador federal Fagundes de Deus, entende que a cobrança de taxa de matrícula e mensalidade de cursos de pós-graduação de universidades públicas é repelida pelo próprio ordenamento jurídico. O magistrado recorre à Constituição Federal ao ponderar que não são discriminados os níveis de escolaridade que devem ser gratuitos - razão pela qual é possível a sua aplicação a todas as modalidades de cursos, inclusive os de pós-graduação.

(Com informações do site Consultor Jurídico)

Veja também:

Até segunda (16):Últimos dias de inscrição para o VI Exame de Ordem

Rio de Janeiro:Correios recebem inscrições para estágio

Comentários

Mais Lidas