MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Alckmin ANUNCIA R$ 740 milhões para regiões atingidas no Sul; Veja distribuição

O presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin, anunciou repasse financeiro, antecipação de benefício social e outras medidas para enfrentar prejuízos do ciclone extratropical

Lula e Alckmin apertam as mãos
Lula e Alckmin apertam as mãos - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 10/09/2023, às 18h12

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin, anunciou neste domingo (10), em Lajeado (RS), um aporte de R$ 741 milhões do governo federal para auxiliar o estado do Rio Grande do Sul, que enfrenta uma crise causada por fortes chuvas e enchentes desde a última segunda-feira (4), após a passagem de um ciclone extratropical.

O anúncio foi feito durante uma reunião na Universidade do Vale do Taquari (Univates), na presença de prefeitos locais, ministros e do governador Eduardo Leite. Os recursos serão distribuídos estrategicamente para as áreas mais afetadas, visando a reconstrução e a assistência às comunidades atingidas.

Confira como será feita a distribuição dos recursos:

  • Ministério da Defesa: Receberá R$ 26 milhões para utilizar em helicópteros e outros equipamentos na região, auxiliando nas operações de busca e reconstrução;
  • Ministério da Saúde: Contará com R$ 80 milhões para a montagem de um hospital de campanha em Roca Sales (RS) e a reconstrução de unidades de saúde danificadas, além do apoio das equipes da Força Nacional de Saúde;
  • Ministério dos Transportes: Destinado a receber R$ 116 milhões para a reconstrução de um trecho da BR 116, no km 96, na região do Rio das Antas;
  • Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social e Ministério do Desenvolvimento Agrário: Serão beneficiados com R$ 125 milhões para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), visando a recuperação da segurança alimentar nas áreas afetadas;
  • Ministério das Cidades: Receberá R$ 195 milhões para investir na construção de moradias;
  • Ministério da Integração Nacional: Será contemplado com R$ 185 milhões, destinados a ajuda humanitária e à reconstrução de ruas, estradas, limpeza e pavimentação em municípios impactados;
  • Ministério da Previdência Social: Embora os detalhes ainda não tenham sido divulgados, receberá recursos para auxiliar os afetados.

Saque do FGTS e Bolsa Família e outros benefícios

Além disso, o governo federal autorizará o saque do FGTS, no valor de até R$ 6.220, para as pessoas diretamente atingidas pelas chuvas, incluído no montante já anunciado. Outra medida anunciada foi a antecipação da parcela de setembro do Bolsa Família.

Os beneficiários das cidades atingidas terão a ajuda financeira antecipada no próximo dia 18. Já quem ganha o Benefício de Prestação Continuada poderá requerer um pagamento extra a ser reembolsado após três meses em até 36 parcelas, sem juros.

As prefeituras também vão receber R$ 800 por habitante afetado. O governo federal também adiou o pagamento de tributos federais para aliviar a situação financeira dos afetados. A previsão é que o número de municípios em estado de calamidade pública na região aumente de 79 para 88 com a publicação de um decreto na manhã de segunda-feira (11).

Situação do Rio Grande do Sul

Os números oficiais indicam 3.130 pessoas resgatadas, 224 feridas, 3.798 desabrigadas e 11.642 desalojadas, afetando um total de 150.341 pessoas em 88 municípios. O presidente Geraldo Alckmin e uma comitiva de ministros realizaram uma visita à região do Vale do Taquari, a mais afetada pelas chuvas e inundações, como parte dos esforços para acompanhar de perto a situação.

De acordo com informações do governo estadual, o Rio Grande do Sul registrou até o momento 43 óbitos decorrentes das chuvas e inundações, com 46 pessoas ainda desaparecidas. A cidade de Muçum concentra o maior número de mortos (16), seguida por Roca Sales (dez) e outros municípios que também sofreram perdas. Muçum também lidera em relação aos desaparecidos, com 30 casos.

+++Acompanhe as principais notícias no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.