MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Americanas será notificada pelo Ministério da Justiça; suspeita é de manipulação de dados

O valor real da dívida da Amercianas deve ser de mais de R$ 40 bilhões, o dobro do que era previsto. Suspeita é de que a Americanas manipulou dados do balanço para rombo parecer menor

Suspeita é de que a Americanas manipulou dados do balanço
Suspeita é de que a Americanas manipulou dados do balanço - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 16/01/2023, às 21h14

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Lojas Americanas será notificada pelo Ministério da Justiça para que os gestores possam explicar o possível impacto da crise de inconsistências nos lançamentos contábeis da empresa sobre os consumidores.

A notificação deve ser enviada à varejista até esta terça-feira (17) pelo secretário nacional de Defesa do Consumidor da pasta, o ex-deputado federal pelo PT Wadih Damous. De acordo ele, serão disse que fará três perguntas a Americanas:

Quais os impactos imediatos sobre os consumidores?
Quais os impactos de curto, médio e de longo prazo sobre os consumidores?
Quais as políticas e os canais de solução de eventuais conflitos para os consumidores?

+++ Governa inicia distribuição da vacina contra Covid-19 para imunização de crianças

Suspeita é de que a Americanas manipulou dados do balanço

Na semana passada, a Americanas informou ter encontrado “inconsistências contábeis” de R$ 20 bilhões. A suspeita é de que a empresa manipulou dados de seu balanço para simular uma situação de endividamento menor que a real.

Até que o rombo viesse à tona, as dívidas conhecidas da Americanas estavam na casa de R$ 20 bilhões. O valor real deve ser de mais de R$ 40 bilhões, o dobro do que se imaginava.

O juiz Paulo Assed, 4ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, deu à Americanas 30 dias para decidir se entra com o processo de recuperação judicial, fase em que a empresa tenta renegociar suas dívidas para evitar a falência. Até lá, ela estará temporariamente protegida de qualquer prisão, apreensão, sequestro, busca, confisco ou restrição de bens, de acordo com a decisão de Assad.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.