MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Aneel reajusta conta de luz de quatro estados; confira quais

O reajuste deve entrar em vigor a partir desta sexta (22). O anúncio chega três dias após redução de 20% na conta de luz em todo o país; saiba mais

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 19/04/2022, às 17h49

O reajuste na conta de luz deve entrar em vigor a partir desta sexta (22)
O reajuste na conta de luz deve entrar em vigor a partir desta sexta (22) - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Após o anúncio do fim da bandeira tarifária na conta de luz, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (19) mais um reajuste no preço da eletricidade em quatro estados brasileiros. De acordo com o órgão, o reajuste não deve afetar o consumidor diretamente.

As novas tarifas entrarão em vigor a partir desta sexta-feira (22), apenas três dias após a redução de 20% nas tarifas de energia elétrica em todo o país, com o fim da tarifa de escassez de água e a introdução do tarifário verde, sem cobrança adicional de energia elétrica na conta de luz

Anualmente, a Aneel analisa e aprova reajustes dos preços praticados pelas distribuidoras para adequar os novos preços às condições do setor. Os itens que mais afetaram as distribuidoras no ano passado foram encargos setoriais e custos de distribuição e aquisição de energia.

+++Blocos de rua em SP? Saiba quais são as proibições durante o feriado; veja

Confira os estados que tiveram reajuste na conta de luz

A Energisa Sergipe atende cerca de 825 mil unidades consumidoras no estado. A Aneel aprovou o reajuste para 16,46% dos consumidores residenciais. Mas com o fim da bandeira tarifária, o preço final será 6,15% menor ao que está sendo cobrado atualmente. 

No Rio Grande do Norte, a Cosern aprovou reajuste de 19,87% na conta de luz dos consumidores residenciais. Com o fim da bandeira de escassez de água, o preço final será reduzido em 4,11%. Na Bahia, a Aneel aprovou reajuste de 20,73% para os consumidores residenciais atendidos pela Coelba. O preço final será reduzido em 1,58%.

No Ceará, a Enel ajustou sua energia em 23,99%. Mas, ao contrário de outros estados, os consumidores residenciais pagaram quase o mesmo que já pagavam — um aumento de 0,09%.

*Estagiário sob supervisão do jornalista Jean Albuquerque

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.