MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Brasil é 1º do mundo a fornecer vacina da dengue de graça; Imunizante no SUS em 2024

O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira (21) a inclusão da vacina da dengue no Sistema Único de Saúde (SUS) a partir do ano que vem. Saiba quantas doses serão necessárias

Pessoa com luva segura seringa com vacina da dengue
Pessoa com luva segura seringa com vacina da dengue - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 21/12/2023, às 23h23

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira (21) a inclusão da vacina da dengue no Sistema Único de Saúde (SUS), tornando o Brasil o primeiro país do mundo a disponibilizar esse imunizante de forma gratuita e universal. A vacina, chamada de Qdenga, será aplicada no SUS a partir de 2024, e visa ampliar o combate contra a propagação da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, destacou a relevância da decisão, afirmando que a análise da relação custo-benefício e a consideração do acesso foram fundamentais. "A partir do parecer favorável da Conitec, seremos o primeiro país a dar o acesso público a essa vacina, como um imunizante do SUS", explicou Trindade.

Ela também informou que a definição dos públicos-alvo e das estratégias de aplicação das doses será realizada nas primeiras semanas de janeiro, levando em consideração a limitação do fornecimento pelo laboratório Takeda.

+Trabalhador terá mais um dia de folga em 2024: criado novo feriado nacional no Brasil

Saiba como a vacina da dengue age

A vacina Qdenga, desenvolvida para prevenção da dengue causada por qualquer sorotipo do vírus, será entregue em duas doses, com previsão de 5,082 milhões de doses em 2024, entre fevereiro e novembro. Seu registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) abrange pessoas de 4 a 60 anos de idade, independentemente de exposição prévia.

O vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Renato Kfouri, ressaltou a importância da vacina para o controle da dengue no país. "A dengue é uma doença que impacta praticamente todo o território nacional, e o controle do vetor vem sendo insuficiente. A vacina, sem dúvida, será um importante instrumento para o controle dessa doença", afirmou.

Dengue e prevenção: enquanto a vacina não chega

A dengue é uma doença viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, caracterizada por sintomas como febre, dores musculares, e em casos mais graves, pode evoluir para a forma hemorrágica, representando um sério risco à saúde.

Enquanto a vacina Qdenga não é disponibilizada pelo SUS, é crucial adotar medidas preventivas para reduzir a proliferação do Aedes aegypti e prevenir a transmissão da dengue. Algumas dicas importantes incluem:

  • Elimine criadouros: Evite acúmulo de água parada em recipientes como pneus, vasos de plantas, garrafas e caixas d'água.

  • Utilize repelentes: Em áreas com alto índice de infestação, o uso de repelentes pode ser uma medida eficaz para evitar picadas do mosquito.

  • Proteja-se com roupas apropriadas: Em regiões com transmissão ativa da dengue, especialmente durante o dia, o uso de roupas que cubram a maior parte do corpo é recomendado.

  • Instale telas de proteção: Mantenha portas e janelas protegidas com telas para evitar a entrada do mosquito em ambientes internos.

  • Colabore com a limpeza urbana: Descarte corretamente o lixo, contribuindo para a redução de possíveis locais de reprodução do Aedes aegypti.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Concursos Públicos, Empregos e Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.