MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Caiu na malha fina do imposto de renda? Saiba como consultar e o que fazer

Descubra por que você pode cair na malha fina do Imposto de Renda e saiba como resolver pendências e evitar atrasos na sua restituição. Confira dicas importantes!

Caiu na malha fina do imposto de renda? Saiba como consultar e o que fazer
Divulgação
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 23/09/2023, às 19h12

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Receita Federal liberou recentemente o quinto e último lote de restituição do Imposto de Renda 2023, um alívio para muitos contribuintes que aguardam ansiosamente por esse momento.

No entanto, nem todos têm motivos para comemorar. Das mais de 43,4 milhões de declarações enviadas, aproximadamente 3,1% caíram na temida malha fina. Mas por que isso acontece? E o que fazer caso você seja um dos contribuintes com pendências?

Neste artigo, vamos explicar os principais motivos pelos quais as declarações vão parar na malha fina e oferecer dicas valiosas para resolver essa situação.

Por que sua declaração pode cair na malha fina?

Quando você envia sua declaração do Imposto de Renda, ela passa por uma análise minuciosa nos sistemas da Receita Federal. Durante esse processo, as informações que você declarou são comparadas com os dados fornecidos por outras pessoas e empresas. Se forem encontradas divergências, sua declaração será retida na malha fina. Vale lembrar que enquanto sua declaração estiver nessa situação, você não receberá a restituição devida.

Principais motivos de retenção

De acordo com a Receita Federal, os principais motivos que levaram à retenção de declarações na malha fina em 2023 foram os seguintes:

  • Deduções (58,1%): Isso inclui principalmente despesas médicas (42,3% do total de motivos de retenção).
  • Omissão de Rendimentos (27,6%): Isso se refere a rendimentos sujeitos ao ajuste anual de titulares e dependentes que não foram declarados.
  • Divergências (10%): São divergências entre os valores de IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte) informados na Dirf e os declarados pelas pessoas físicas.
  • Deduções do Imposto Devido (4,3%): Isso inclui o recebimento de rendimentos acumulados e divergência entre os valores declarados de carnê-leão e imposto complementar e os valores efetivamente recolhidos.

Como saber se sua declaração tem pendências?

Se você está preocupado em estar na malha fina, é possível verificar a situação da sua declaração no site da Receita Federal. Siga este passo a passo:

  1. Acesse o e-CAC (Centro de Atendimento Virtual).
  2. Faça login em sua conta.
  3. Selecione a opção "Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)".
  4. Na aba "Processamento" ou "Serviços do IRPF", escolha o item "Pendências de Malha".

Nessa página, você poderá verificar se sua declaração caiu na malha fina e entender o motivo da retenção. Se a pendência for relacionada apenas a erros de preenchimento ou informações faltantes, é possível corrigir a situação enviando uma declaração retificadora.

No entanto, em alguns casos, o contribuinte pode receber um termo de intimação fiscal, o que significa que será necessário apresentar documentos para comprovar as informações declaradas.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.