MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Câncer de intestino: SUS amplia ações de tratamento para mulheres

A lei aprovada inclui ações de prevenção e detecção do câncer de intestino em mulheres. Medida pretende ampliar capacidade de rastreamento da doença

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 12/05/2022, às 19h14

A lei aprovada inclui ações de prevenção e detecção do câncer de intestino em mulheres
A lei aprovada inclui ações de prevenção e detecção do câncer de intestino em mulheres - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Uma lei que amplia as ações de tratamento de câncer de intestino em mulheres foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) na quarta-feira (11). A lei aprovada inclui ações de prevenção e detecção do câncer da doença em mulheres.

Cerca de 20 mil mulheres são diagnosticadas com câncer de intestino a cada ano, e a taxa de mortalidade por esse câncer é de quase 10% entre as mulheres, segundo o último levantamento do Instituto Nacional do Câncer (INCA). De acordo com essa medida, o SUS deve oferecer colonoscopia às mulheres que atingiram a puberdade, independentemente da idade.

A colonoscopia é um dos principais exames para o diagnóstico precoce de lesões que podem levar ao câncer de intestino, segundo o médico Alexandre Palladino, chefe de oncologia clínica do INCA.

+++Conteúdos no Facebook, Instagram e WhatsApp serão monitorados durante eleições

Medida pretende ampliar capacidade de rastreamento de outros tipos de câncer

O médico Alexandre Palladino, do INCA, destacou que os exames de rastreamento desses tipos de câncer que atingem as mulheres no país trariam benefícios individuais e coletivos.

A nova lei também possibilita o encaminhamento de pacientes para serviços mais complexos, desde que a unidade de atendimento primário não consiga avançar no tratamento do câncer de intestino.

O INCA lembra que a detecção precoce do câncer é uma estratégia utilizada para detectar tumores em estágio mais precoce e proporcionar maior chance de sucesso no tratamento. Os sintomas mais frequentemente associados ao câncer de intestino são:

  • sangue nas fezes;
  • alteração do hábito intestinal (diarreia e prisão de ventre alternados);
  • dor ou desconforto abdominal;
  • fraqueza e anemia;
  • perda de peso sem causa aparente.
  • alteração na forma das fezes (fezes muito finas e compridas)
  • massa (tumoração) abdominal

De acordo com o INCA, na maioria das vezes, esses sintomas não são causados ​​pelo câncer, mas é importante que sejam examinados por um médico, especialmente se eles não melhorarem em alguns dias.

Estagiário sob supervisão do jornalista Jean Albuquerque

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

 

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.