MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Consulta pública: MPF quer ouvir a sociedade sobre participação do BB na escravidão

MPF abriu consulta pública para que pessoas, entidades e movimentos sociais possam se manifestar sobre a participação do BB na escravidão; Saiba mais

Fachada de uma agência do Banco do Brasil
Fachada de uma agência do Banco do Brasil - Divulgação JC Concursos
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 04/12/2023, às 22h21

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Ministério Público Federal (MPF) abriu consulta pública para que pessoas, entidades e movimentos sociais possam se manifestar sobre o inquérito que apura a responsabilidade do Banco do Brasil (BB) na escravidão no país. A ideia é que a população possa apresentar formas de reparação a serem adotadas pela instituição financeira.

O inquérito foi aberto em setembro de 2023 a pedido de um grupo de professores universitários, que apontam que o banco estatal teve um papel central no tráfico de pessoas escravizadas durante o século XIX.

Em novembro, o BB publicou um comunicado com pedido de perdão ao povo negro pelo seu passado. A instituição também anunciou uma série de ações afirmativas, como a valorização de servidores negros, o financiamento de instituições do movimento de mulheres negras e o apoio a eventos da cultura negra.

No entanto, o MPF considera que nem o pedido de perdão, nem as medidas anunciadas pelo BB são suficientes. Os procuradores da República que atuam no inquérito sugerem que o banco crie uma plataforma de pesquisas sobre o tema, financie iniciativas de histórias públicas e material didático de ampla divulgação, além de fazer um tratamento adequado de sua história oficial.

Além disso, o MPF considera ser importante ter uma discussão com a sociedade brasileira sobre um plano de reparação, por isso decidiu pela abertura da consulta pública.

A consulta pública ficará aberta por 60 dias e pode ser acessada pelo site do MPF. Todos podem participar, enviando suas propostas por e-mail ou pelo protocolo do MPF.

+ Venda de remédio abortivo pode levar a prisão de até 20 anos

Debate sobre reparação histórica 

O debate sobre a reparação histórica ao povo negro é fundamental para o Brasil poder superar o racismo estrutural que ainda marca a sociedade brasileira. A consulta pública do MPF é uma oportunidade para a sociedade poder contribuir para esse processo.

Algumas propostas que podem ser apresentadas na consulta pública:

  • O BB pode criar um fundo de reparação para financiar projetos sociais que beneficiem a população negra;
  • O banco pode criar um memorial da escravidão, para contar a história do tráfico de pessoas escravizadas e do papel do BB nesse processo;
  • O BB pode incluir a história da escravidão em seus materiais educativos, para a população brasileira conhecer esse capítulo importante da sua história.

A consulta pública é uma oportunidade para que a sociedade brasileira se manifeste sobre um tema fundamental para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concurso

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.