MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Correios estende prazo para adoção de cartinhas de Natal e beneficiar mais crianças

Iniciativa já recebeu 237 mil cartas, das quais 134 mil foram adotadas até o momento. A adoção também pode ser feita virtualmente no site dos Correios. Veja como

Os pedidos das crianças nas cartinhas de Natal são simples. Saiba como adotar on-line
Os pedidos das crianças nas cartinhas de Natal são simples. Saiba como adotar on-line - Canva/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 05/12/2023, às 18h28

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A campanha anual "Papai Noel dos Correios" está em pleno andamento, e os brasileiros têm até o dia 20 deste mês para tornar o Natal de crianças vulneráveis socialmente mais especial. Boneca, carrinho, bola, roupa e sapato lideram a lista de presentes mais pedidos pelas crianças, e a iniciativa já recebeu 237 mil cartas, das quais 134 mil foram adotadas até o momento.

O presidente dos Correios, Fabiano Silva dos Santos, destacou a importância da mobilização para alcançar a meta deste ano. "É um número significativo, mas ainda precisamos correr para atender a nossa meta", afirmou. No ano passado, foram disponibilizadas 252 mil cartas, e a expectativa agora é atingir 100% de adoção.

Mesmo com a ampliação do prazo para adoção e entrega de presentes, garantindo que as crianças recebam seus presentes até o Natal, a corrida contra o tempo continua. O estado de São Paulo lidera a lista de cartas ainda disponíveis para adoção, com 26 mil cartas, seguido por Bahia (12 mil), Minas Gerais (9 mil), Mato Grosso (6 mil), Alagoas (5 mil) e Rio de Janeiro (4,5 mil).

Os pedidos das crianças nas cartinhas de Natal são simples. Saiba como adotar on-line

O público-alvo da campanha são crianças do 1º ao 5º ano do ensino fundamental em situação de vulnerabilidade, provenientes de escolas públicas, creches e orfanatos. Além de proporcionar alegria às crianças, a campanha tem um caráter pedagógico ao incentivar a redação de cartas por parte dos pequenos.

A diretora de Governança e Estratégia dos Correios, Juliana Picoli Agatte, ressalta que os pedidos das crianças são simples, e a adoção das cartinhas traz satisfação para ambas as partes. "Às vezes, parece difícil despender um tempo do seu dia para comprar um presente, mas vale a pena parar um momento, é gratificante. Isso é bom para a gente também", afirma.

Os interessados em participar da campanha podem adotar uma cartinha em uma agência dos Correios ou através do site da empresa. Após a escolha, basta embalar o presente, colocar a etiqueta com os dados da criança e entregar em um dos pontos de coleta. Os Correios asseguram a entrega dos presentes a todas as crianças contempladas.

Além de pessoas físicas, empresas e instituições são convidadas a entrar em contato com os Correios para adotar lotes de cartinhas ou realizar doações de brinquedos. A adoção também pode ser feita virtualmente no site dos Correios. A possibilidade está disponível em algumas cidades

O presidente dos Correios enfatizou que a entrega dos presentes está em pleno vapor, contando com o esforço dos colaboradores para tornar o Natal mais especial para as crianças que aguardam ansiosamente seus presentes.

Papai Noel dos Correios 

A campanha, que completa 34 anos, começou como uma ação de solidariedade dos funcionários dos Correios, que ao depararem-se com cartinhas destinadas ao Papai Noel, mobilizaram-se para realizar os pedidos das crianças em situação de vulnerabilidade.

Posteriormente, a empresa expandiu a iniciativa, permitindo que toda a sociedade adote cartas.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.