MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Decisões judiciais permitem que famílias de crianças autistas façam saque do FGTS

Atualmente, trabalhadores com condições médicas graves ou dependentes podem fazer o saque do FGTS. Mas, a lei não menciona especificamente o autismo

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 25/04/2022, às 21h57

Atualmente, trabalhadores com condições médicas graves ou dependentes podem fazer o saque do FGTS
Atualmente, trabalhadores com condições médicas graves ou dependentes podem fazer o saque do FGTS - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Decisões judiciais em diferentes partes do país favorecem pais e responsáveis ​​de crianças com autismo para que possam retirar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Atualmente, trabalhadores com condições médicas graves ou dependentes nessas situações podem fazer o saque, no entanto, a lei não menciona especificamente o Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Em geral, por exemplo, pessoas com HIV, câncer ou doença terminal, podem sacar o FGTS. Em março, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que atende os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, ordenou que a Caixa Econômica Federal liberasse um saque para o pai de um menino autista. O responsável disse que precisava do dinheiro para pagar o tratamento multidisciplinar do filho. Isso ocorre porque o tratamento do autismo pode exigir psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, neuropediatras e outros profissionais.

Decisão semelhante foi tomada no ano passado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região, que atende Pernambuco. De acordo com o juiz que ouviu o caso, a jurisprudência existente afirma que o saque pode ser autorizado quando comprovada a doença grave do dependente, mesmo que a doença não esteja expressamente prevista na lei.

+++PL limita honorários de sucumbência do advogado: "Justiça deve ser menos custosa"

Lista de doenças que permite saque do FGTS é exemplificativa

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) também entende que o rol de doenças previsto na Lei é exemplar porque não consegue atender a todos os casos de proteção ao trabalhador.
Em 2020, um juiz federal do estado do Paraná, também autorizou o pai de um menino com autismo severo a sacar o FGTS.

O juiz Alessandro Rafael Bertollo de Alexandre disse que a “possibilidade de se remediar os sintomas do autismo se mostra mais efetiva nesta fase da vida, tratando-se de solução que busca garantir ao menor e aos seus pais melhores condições em termos de qualidade de vida”.

Confira a lista de doenças que saque do FGTS é permitido

  • Alienação mental
  • Cardiopatia grave
  • Cegueira
  • Contaminação por radiação, com base em conclusão da medicina especializada
  • Doença de Parkinson
  • Espondiloartrose anquilosante (espondilite anquilosante/ancilosante
  • Estado avançado da Doença de Paget (osteíte deformante)
  • Hanseníase
  • Hepatopatia grave
  • Nefropatia grave
  • Paralisia irreversível e incapacitante
  • Tuberculose ativa
  • HIV/Aids
  • Câncer
  • Doença em estágio terminal

*Estagiário sob supervisão do jornalista Jean Albuquerque

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.