MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Otimismo no mercado de trabalho: desemprego cai para 7,4% no trimestre encerrado em dezembro

Pesquisa PNAD Contínua divulgada pelo IBGE nesta quarta-feira (31) aponta para queda do desemprego em 7,4%; menor taxa trimestral desde janeiro de 2015

Carteira de Trabalho ao lado de notas de R$ 100
Carteira de Trabalho ao lado de notas de R$ 100 - Divulgação JC Concursos
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 31/01/2024, às 09h25

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A taxa de desemprego no Brasil caiu para 7,4% no quarto trimestre de 2023, segundo dados divulgados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, divulgada nesta quarta-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa é a menor taxa para o mesmo período desde janeiro de 2015.

Em relação ao trimestre anterior, a taxa caiu 0,3 ponto percentual. No mesmo período de 2022, o desemprego estava em 7,9%. O número de desempregados também caiu no período, passando de 8,3 milhões no trimestre anterior para 8,1 milhões no quarto trimestre de 2023. 

📲 Junte-se ao canal de notícias do JC Concursos no WhatsApp

Esse é o menor contingente de desocupados em números absolutos desde o trimestre encerrado em março de 2015. Já a população ocupada cresceu 1,1% no trimestre, chegando a 101 milhões de pessoas. Esse é o maior número da série histórica iniciada em 2012. No ano, o aumento foi de 1,6%, com mais 1,6 milhão de pessoas ocupadas.

+ Bolsa Família 2024: Veja quem recebe a última parcela média de R$ 685,61 do calendário de janeiro

Sinal positivo da economia 

A queda do desemprego no quarto trimestre de 2023 é um sinal positivo para a economia brasileira. Ela indica que o mercado de trabalho está se recuperando da crise provocada pela pandemia de COVID-19.

O crescimento da população ocupada é impulsionado por diversos fatores, como a retomada da atividade econômica, a redução da inflação e a criação de novos postos de trabalho.

O setor de serviços, que responde por mais da metade dos empregos no país, foi o que mais contribuiu para o crescimento da população ocupada no quarto trimestre de 2023.

O setor de comércio também registrou crescimento, impulsionado pela alta do consumo das famílias. O setor industrial, por sua vez, ainda está em recuperação, mas registrou crescimento na geração de empregos no trimestre.

A queda do desemprego é uma notícia positiva para os trabalhadores brasileiros, que estão cada vez mais confiantes na retomada da economia. Ela também é uma boa notícia para o governo, que tem em vista reduzir o número de pessoas na pobreza e na extrema pobreza.

 + Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.