MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Desenrola Brasil próximo de renegociar R$ 10 Bilhões em dívidas

Programa do governo federal para auxiliar o superendividados, o Desenrola Brasil está próximo de renegociar R$ 10 bilhões em dívidas; Saiba mais

Casal jovem renegocia dívidas
Casal jovem renegocia dívidas - Freepik
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 22/08/2023, às 18h11

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Desenrola Brasil está próximo de renegociar R$ 10 bilhões em dívidas, segundo levantamento realizado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Os dados são referentes ao período de 7 de julho a 18 de agosto.

Ao todo, até o momento, foram negociados cerca de R$ 9,5 bilhões em dívidas. Os contratos alcançaram 1,5 milhão de dívidas negociadas, o que beneficiou 1,1 milhão de clientes. Os brasileiros podem aderir ao programa até 31 de dezembro.

O montante financeiro referente ao processo de quitação envolve a Faixa 2, a qual engloba acordos de débitos bancários diretamente firmados com a instituição financeira em termos especiais. 

Essa categoria abarca as obrigações bancárias dos clientes que possuam renda mensal superior a dois salários mínimos e inferior a R$ 20 mil, excluindo aqueles que não estão inscritos no Cadastro Único do Governo Federal.

Durante esse mesmo período, aproximadamente 6 milhões de clientes que tinham pendências bancárias de até R$ 100 tiveram suas notificações de inadimplência removidas (desnegativados). 

Essa quantidade se refere exclusivamente às instituições financeiras. O relatório não engloba o cancelamento de registros por outros credores que não sejam bancários. O prazo para a conclusão desse processo de remoção de inadimplências encerrou em 27 de julho.

Em nota enviada à imprensa, a Febraban esclarece que "cada banco tem sua estratégia de negócio, adotando políticas próprias para adesão ao programa. As condições para renegociação das dívidas, nessa etapa, serão diferenciadas e caberá a cada instituição financeira, que aderir ao programa, defini-la”.

+ Seguro-desemprego NÃO pode ser pago depois do vencimento do prazo, decide TST

Veja números dos bancos públicos 

Segundo publicação da Agência Brasil, o Banco do Brasil (BB) comunicou, na semana anterior, que as empresas vinculadas à instituição renegociaram um montante de R$ 5,4 bilhões durante o primeiro mês do programa. 

Dentro dessa cifra, mais de R$ 850 milhões correspondem à Faixa 2; R$ 4,1 bilhões estão relacionados às renegociações especiais oferecidas pelo próprio banco, enquanto R$ 377 milhões foram objeto de renegociações intermediadas pela subsidiária do banco, a Ativos S.A.

De acordo com o banco, um total de 608 mil clientes refinanciaram suas dívidas desde o início do programa em 17 de julho. Destes, cerca de 320 mil escolheram realizar a renegociação diretamente com o Banco do Brasil, enquanto 288 mil optaram por utilizar os serviços da subsidiária.

Em contrapartida, a Caixa Econômica Federal registrou um valor de R$ 1,5 bilhão em dívidas renegociadas através do programa Desenrola. De acordo com o relatório divulgado na quarta-feira (16), o banco regularizou mais de 88 mil contratos pertencentes a cerca de 70 mil clientes. 

Segundo a instituição financeira, 92% das propostas foram negociadas em pagamentos à vista. Os principais tipos de dívidas regularizadas englobam operações de cartão de crédito, cheque especial e empréstimos do tipo Crédito Direto ao Consumidor (CDC).

+Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.