MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Dinheiro Falso: aprenda de vez como identificar antes de receber no seu estabelecimento

O repasse de dinheiro falso, mesmo que seja sem querer, é considerado um crime, com condenação prevista de seis meses até dois anos de detenção

Victor Meira - victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 19/03/2022, às 11h05

Dinheiro Falso: aprenda de vez como identificar antes de receber no seu estabelecimento
Dinheiro Falso: aprenda de vez como identificar antes de receber no seu estabelecimento - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Apesar do avanço das transações financeiras nos meios digitais, ainda há milhões de pessoas que realizam compras, até mesmo com valores mais altos, em dinheiro vivo. Muitas delas confiam mais em receber o dinheiro em espécie do que nas contas correntes virtuais, pois se sentem inseguras com golpes. Contudo, as quadrilhas estão ficando cada vez mais especializadas em imprimir dinheiro falso e trocá-lo em estabelecimentos comerciais. 

A circulação de notas falsificadas no Brasil ainda é uma realidade. No final do ano passado, a Polícia Federal apreendeu mais de 75 mil cédulas, que somadas dava a quantia de R$ 6,7 milhões, de uma quadrilha no Rio Grande do Sul.

A produção de dinheiro falso é um crime previsto no artigo 289 do Código Penal. A pena pode variar de três a 12 anos de prisão. O repasse da nota falsificada, ainda que seja sem querer, pode resultar em uma condenação de seis meses a dois anos de detenção.

Para você não cair neste tipo de golpe, o JC Concursos preparou um guia para a prevenção e dicas para perceber se o dinheiro é falso ou verdadeiro.

Segundo orientações do Banco Central (BC), há seis formas para você identificar se a nota é falsa ou verdadeira:

  • Marca-d’água - você precisa conseguir ver contra a luz o animal da nota;
  • Fio de segurança - um fio escuro visível próximo ao meio da nota;
  • Alto-Relevo - em algumas partes das notas você consegue sentir textura;
  • Quebra-cabeça - se você colocar uma nota verdadeira contra a luz, verá que partes do desenho do verso completam as da frente, formando o número do valor da nota;
  • Número escondido - ao colocar a nota verdadeira na altura dos olhos, na posição horizontal, em um lugar com bastante luz, você verá o valor da nota aparecer nas áreas indicadas;
  • Elementos fluorescentes - sob luz ultravioleta, em uma nota verdadeira, você verá as seguintes características: o número do valor da nota aparece na frente, na área indicada; a numeração de série muda de cor, passando da vermelha para amarela; e pequenos fios se tornam visíveis na cor lilás.

Se eu receber uma nota falsa, o que devo fazer?

Segundo o Banco Central, é proibido repassar nota falsa. Caso receba alguma cédula suspeita, há algumas orientações para seguir:

Caso receba de um terminal de auto-atendimento ou caixa eletrônico dentro ou fora da agência bancária, acionar o gerente para pedir a substituição da nota.  

“Se não obtiver solução satisfatória com o gerente do banco, o cidadão pode procurar uma delegacia policial mais próxima para registrar uma possível ocorrência”, informa o Banco Central.  

Mas ao receber durante uma transação do dia a dia, a orientação é recusar.  

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.