MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Emergência climática: Ciclone extratropical atinge o Sul do Brasil com força devastadora

Rajadas de vento e chuvas intensas causam caos no Rio Grande do Sul. Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou o repasse de R$ 1,1 milhão

Estragos causados pelo ciclone extratropical no Rio Grande do Sul foram significativos
Estragos causados pelo ciclone extratropical no Rio Grande do Sul foram significativos - Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 17/06/2023, às 17h17

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Um poderoso ciclone extratropical assolou os estados do Sul do Brasil, principalmente o Rio Grande do Sul, resultando em mortes, desaparecidos e danos significativos. Segundo informações do governo gaúcho, o desastre climático já ceifou a vida de três pessoas e deixou outras 11 desaparecidas. Com o intuito de auxiliar os municípios atingidos, um montante superior a R$ 1 milhão será destinado a cinco cidades gaúchas afetadas pelo mau tempo.

Os ciclones extratropicais são sistemas de baixa pressão atmosférica que se formam fora dos trópicos, frequentemente associados a frentes frias, encontrados em latitudes médias e altas. No Hemisfério Sul, esses ciclones giram no sentido horário, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec).

O ciclone que atingiu a região sul do país, originado no Oceano Atlântico ao longo da semana, amplificou-se quando chegou à terra firme, trazendo consigo umidade oceânica. Essa combinação resultou em fortes chuvas, ventos intensos e o aumento do risco de deslizamentos de terra.

+++ Programa Bolsa Família amplia benefícios em junho: Veja as novidades!

Estragos causados pelo ciclone extratropical no Rio Grande do Sul foram significativos

Segundo a meteorologista Estael Sias, em vídeo publicado pela plataforma MetSul, especializada em conteúdo meteorológico, a previsão indicava rajadas de vento superiores a 80 km/h na Região Sul e volumes de chuva ultrapassando 100 mm em um período de 24 horas. Além dos estados sulistas, o fenômeno também afetou áreas do estado de São Paulo.

Os estragos causados pelo ciclone extratropical foram significativos. Na última quinta-feira (15), uma pessoa perdeu a vida em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, e diversas cidades gaúchas, incluindo a capital, Porto Alegre, sofreram com danos em suas infraestruturas.

O Instituto Nacional de Meteorologia alerta que grandes volumes de chuva ainda devem atingir o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná durante o fim de semana. No estado de São Paulo, espera-se que a maior concentração de chuvas ocorra no Vale da Ribeira, com acumulados superiores a 100 mm em 24 horas.

Em resposta à situação, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou o repasse de R$ 1,1 milhão para cinco municípios afetados pelo ciclone extratropical. Em sua conta no Twitter, ele explicou que esses recursos fazem parte de uma verba remanescente de outra emergência climática ocorrida em março deste ano no estado.

O governador também enfatizou que o governo está mobilizado para lidar com a situação e alertou para a previsão de mais chuvas ao longo do dia.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.