MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Empréstimo consignado do antigo Auxílio Brasil não vai mais existir, anuncia Caixa

A liberação do empréstimo consignado do Auxílio Brasil estava suspenso desde janeiro de 2023. Confira o que acontece agora!

App do Auxílio Brasil e notas de reais
App do Auxílio Brasil e notas de reais - Divulgação Caixa
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 24/02/2023, às 11h12

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Agora é oficial! A Caixa Econômica Federal divulgou a suspensão definitiva da concessão de empréstimo consignado para os beneficiários do antigo Auxílio Brasil, que voltou a ser chamado de Bolsa Família. 

As novas contratações já estavam suspensas desde janeiro pelo banco estatal. Segundo a Caixa, após a conclusão dos estudos, foi decidido retirar o produto do portfólio de produtos. 

"Para os contratos já realizados, nada muda. O pagamento das prestações continua sendo realizado de forma automática, por meio do desconto no benefício, diretamente pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS)", destacou o banco em comunicado à imprensa. 

+Bolsa Família: Caixa libera mais uma rodada de pagamentos; veja quem recebe

Empréstimo consignado do Auxílio Brasil: dívidas serão perdoadas?

Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, afirmou que existe uma proposta de anistia para os endividados, como parte do programa de renegociação de dívidas Desenrola Brasil. Entretanto, não foram fornecidos detalhes sobre essa iniciativa.

Por outro lado, a Caixa informou que as contratações de empréstimo consignado já realizadas não serão alteradas e as parcelas do financiamento serão debitadas regularmente, de acordo com cada contrato. 

+Mega-Sena e Quina: Brasiliense ganha bolada de R$ 8,54 milhões; veja os números sorteados

Essa modalidade de crédito possibilitava empréstimos de até R$ 2,5 mil, com prazo de até 24 parcelas de no máximo R$ 160,00, deduzidas diretamente do benefício.

Contudo, o valor que era recebido pelo cidadão não é o total do auxílio, mas sim a quantia restante após o desconto automático realizado pelo banco. Algumas das vantagens do empréstimo consignado incluem juros mais baixos, de até 3,45% ao mês, sem comprometer o salário, pois o desconto é realizado diretamente no benefício social, e a possibilidade de quitar dívidas atrasadas, como as de cartão de crédito, com juros menores, bem como investir em negócios próprios ou empreender.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.