MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Esperando resultado sobre benefícios? Fila do INSS chega a quase 1,8 mi

Segundo comunicado divulgado pela Previdência Social a lista de espera do INSS em junho chegou a quase 1,8 milhões de benefícios aguardando análise

Fachada de uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)
Fachada de uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) - Agência Brasil
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 06/07/2023, às 20h42

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Os brasileiros que estão esperando para saber o resultado sobre benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)precisam ficar atentos. Segundo comunicado do ministério da Previdência Social divulgado nesta quarta-feira (5), a fila em junho chega a quase 1.794.449 benefícios aguardando análise.

Devido ao grande volume de aproximadamente 1,8 milhão de pessoas na fila, o ministro responsável pela pasta, Carlos Lupi, prometeu uma reestruturação que resultará em um "novo INSS".

Carlos Lupi assegurou que a reestruturação do INSS será implementada no próximo ano, com o compromisso de conceder os benefícios em até 45 dias. Atualmente, existem 596.699 benefícios aguardando perícia médica e 1.197.750 aguardando análise administrativa.

Apesar do número expressivo, o ministro destacou que a fila do INSS está em processo de redução. No mês de junho, o total de benefícios concluídos (860.545) superou o número de requerimentos feitos (798.346), indicando uma leve diminuição na lista de espera.

+ Novo SAQUE inesperado do FGTS é liberado e pega brasileiros de SURPRESA

Maioria dos segurados estão na fila há mais de 45 dias 

Conforme os dados do Ministério da Previdência Social, cerca de 64% dos benefícios que aguardam análise já estão na fila há mais de 45 dias. A distribuição desses benefícios é a seguinte:

  • 36% (649.161) dos requerimentos estão aguardando análise por até 45 dias;
  • 24% (430.929) estão na fila entre 46 e 90 dias;
  • 27% (479.467) estão na fila entre 91 e 180 dias;
  • 11% (203.474) estão na fila entre 181 e 365 dias;
  • 2% (31.418) estão aguardando há mais de um ano.

O prazo de 45 dias é considerado uma meta pelo INSS, com o objetivo de garantir que todos os benefícios sejam concedidos dentro desse período no futuro. 

O ministro Lupi comprometeu-se a melhorar essa situação, trabalhando em parceria com a Dataprev e outros ministérios para ampliar a automação e evitar retrabalhos na análise de documentos, acelerando assim a análise dos pedidos de benefícios. Ele afirmou que até 2024, o país terá um novo serviço do INSS para a população. 

MP poderá reduzir fila 

Com o objetivo de diminuir a fila de espera, o ministro anunciou que na próxima semana o governo federal irá publicar uma Medida Provisória que estabelecerá diretrizes para o retorno do bônus de produtividade. Essa gratificação foi reformulada e será concedida aos servidores do INSS que aumentarem sua produção diária.

Além disso, foi divulgada a nomeação do novo presidente do INSS, Alessandro Stefanutto, que afirmou que o órgão está aguardando a aprovação do governo para a nomeação de novos servidores, o que também contribuirá para a redução da fila. 

A expectativa é que sejam nomeados mais 250 candidatos aprovados, além de preencher o cadastro de reserva com 2.144 pessoas. Stefanutto ressaltou que o INSS lida com vidas e que a equipe de servidores está totalmente empenhada em atender cada uma delas.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.