MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Exército paga BÔNUS a servidores sem alcançar metas em 2023

Entre os critérios considerados destaca-se a necessidade do servidor "contribuir com o desenvolvimento sustentável e a paz social". Veja detalhes

Exército afirmou que a meta é avaliada a partir do cumprimento de operações e cooperação
Exército afirmou que a meta é avaliada a partir do cumprimento de operações e cooperação - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 29/12/2023, às 14h45

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Exército Brasileiro realizou o pagamento de bônus no valor de R$ 4,8 milhões a servidores civis neste ano como reconhecimento pelo desempenho institucional. Entre os critérios considerados para a concessão do valor extra, destaca-se a necessidade do servidor "contribuir com o desenvolvimento sustentável e a paz social".

No entanto, segundo informações apuradas pela Folha de S. Paulo, o desempenho nesse quesito atingiu 86%, abaixo da meta prevista de 100% para o ano de 2022. Mesmo com o resultado abaixo da expectativa, a Força concedeu gratificações que variam de R$ 1.000 a R$ 5.600 para 1.903 servidores civis com base nesse critério específico.

O processo de avaliação para o pagamento considerou notas individuais e o desempenho institucional do Exército ao longo de 2022. A solicitação dos dados referentes aos critérios de avaliação para a concessão dos bônus foi feita pela Folha de S. Paulo por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI) em fevereiro deste ano.

Contudo, somente após a intervenção da Controladoria-Geral da União (CGU), foi possível obter as informações.

Exército afirmou que a meta é avaliada a partir do cumprimento de operações e cooperação 

A CGU destacou que a conduta do Comando do Exército, ao manter as informações em sigilo, não está conforme os princípios da Lei de Acesso à Informação, que preconiza a máxima divulgação e a universalidade do acesso às informações de interesse público.

Os critérios para o cálculo das gratificações incluem fatores como "dissuasão extrarregional", "ampliação da projeção do Exército no cenário internacional" e "aperfeiçoamento do sistema de ciência, tecnologia e inovação". Cada critério tem pesos diferentes no cálculo da meta a ser atingida.

No caso do item relacionado à contribuição do servidor para o desenvolvimento sustentável e a paz social, o Exército afirmou que a meta é avaliada a partir do cumprimento de operações de cooperação e coordenação com agências nacionais, incluindo participação em programas sociais e ações subsidiárias.

O desempenho ficou abaixo do esperado, estimado em 85,57%, devido à quantidade de participações nas ações planejadas.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.