MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Fim do DOC: Bancos deixam de oferecer transferência a partir de hoje

Bancos deixarão de oferecer DOC a partir desta segunda-feira (15) às 22h; PIX se consolida como principal meio de transferência bancárias no país

Mulher segura notas de dinheiro
Mulher segura notas de dinheiro - Agência Brasil
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 15/01/2024, às 10h00

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O DOC, um dos meios de transferência bancária mais tradicionais do Brasil, chega ao fim nesta segunda-feira (15), às 22h. A modalidade, criada em 1985, perdeu espaço para o Pix, sistema de transferência instantânea do Banco Central sem custo para pessoas físicas.

A partir de agora, os bancos deixarão de oferecer o serviço de emissão e de agendamento do DOC, tanto para pessoas físicas quanto jurídicas. As transferências agendadas para o dia 29 de fevereiro, última data de funcionamento do sistema, serão processadas normalmente.

📲 Junte-se ao canal de notícias do JC Concursos no WhatsApp

O DOC permitia o repasse de recursos até as 22h, com a transação sendo quitada no dia útil seguinte à ordem. Caso fosse feito após esse horário, a transferência só era concluída dois dias úteis depois.

A TEC, outra modalidade de transferência bancária que será descontinuada, permite que empresas paguem benefícios a funcionários. Ela também perdeu espaço para o Pix, o qual é mais rápido, barato e eficiente. O fim do DOC e da TEC representa o fim de uma era nas transferências bancárias. 

+ Seguro-desemprego 2024 é ATUALIZADO! Veja novos valores e como receber

PIX se consolida como principal opção de transferência

O Pix, que já é o meio de pagamento mais usado pelos brasileiros, consolida-se como a principal opção para transferências de valores entre pessoas físicas e jurídicas. O Pix oferece uma série de vantagens em relação ao Doc, como:

  • Disponibilidade 24 horas por dia, 7 dias por semana
  • Liquidação instantânea
  • Sem limite de valor
  • Tarifas mais baixas

Em 2023, o Pix já era o meio de pagamento mais utilizado no Brasil, com mais de 17,6 bilhões de operações realizadas no primeiro semestre do ano. O Doc, por sua vez, somou apenas 18,3 milhões de operações no mesmo período.O fim do Doc representa um marco na evolução dos meios de pagamento no Brasil. A desativação dessa modalidade demonstra que os brasileiros estão cada vez mais aderindo a alternativas mais modernas e convenientes.

DOC em números 

O Documento de Ordem de Crédito (DOC), um dos meios de transferência bancária mais tradicionais do Brasil, está em vias de extinção. No primeiro semestre de 2023, o DOC representou apenas 0,05% do total de operações bancárias realizadas no país.

Em número de transações, o DOC ficou bem atrás dos cheques (125 milhões), da TED (448 milhões), dos boletos (2,09 bilhões), do cartão de débito (8,4 bilhões), do cartão de crédito (8,4 bilhões) e do Pix, a modalidade preferida dos brasileiros, com 17,6 bilhões de operações.

A Transferência Eletrônica Disponível (TED), que também permite a transferência de valores entre instituições diferentes, continuará em vigor. Criada em 2002, a TED permite o envio dos recursos até as 17h dos dias úteis, com a transação levando até meia-hora para ser quitada.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.