MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Homologação de concursos da Segurança Pública do MT está suspensa por suspeita de fraude

Demais etapas dos concursos da Segurança Pública do Mato Grosso seguirão normalmente enquanto o Ministério Público estadual conclui as investigações. Prova teria vazado um mês antes na internet

Mylena Lira | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 24/02/2022, às 21h34 - Atualizado às 21h46

Soldado da Polícia Militar de Mato Grosso ao lado de viatura
Soldado da Polícia Militar de Mato Grosso ao lado de viatura - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O Ministério Público do Mato Grosso divulgou nesta quinta-feira, 24 de fevereiro, que a homologação dos concursos da Segurança Pública do Mato Grosso está suspensa até que se conclua a investigação aberta após suspeita de fraude nas provas objetivas, aplicadas no último domingo (20). Ao todo, 66 mil pessoas se inscreveram para os concursos da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Politec.

O órgão ministerial esclareceu que, ao contrário do que está sendo divulgado em alguns sites, ficou acordado apenas a suspensão da homologação final do concurso até que todas as denúncias sejam apuradas. O cronograma do certame está mantido e seguirá normalmente. A decisão foi tomada após reunião ocorrida nesta manhã com representantes da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP) e da Universidade Federal de Mato Grosso, responsável pela execução da seleção.

De acordo com os promotores de Justiça que atuam no caso, a SESP disponibilizou hoje as informações solicitadas pelo MPMT e colocou a área de Inteligência à disposição para eventual apoio às investigações acerca dos concursos da Segurança Pública, que devem ser finalizadas antes da data prevista para homologação. Só a ouvidoria do MPMT recebeu mais de 100 denúncias sobre supostas fraudes na organização do certame.

Um dos cadernos de prova teria vazado na internet com as mesmas questões que caíram no exame do último domingo. Vídeos divulgados indicam links com perguntas resolvidas e disponibilizadas na íntegra, um mês antes do certame. Além disso, uma pessoa foi presa no município de Cáceres porque estaria realizando a prova no lugar de outro candidato inscrito em um dos concursos da Segurança Pública. Alguns deputados estaduais são favoráveis à anulação também por conta de outras irregulares apontadas, entre elas:

  • falha no processamento do pagamento que deixou candidatos de fora do concurso;
  • candidato que pagou e foi impedido de fazer a prova por suposta limitação de idade;
  • procedimento de identificação do candidato incorreto nos locais de prova;
  • acesso a equipamentos eletrônicos em sala e no banheiro;
  • falha na fiscalização quanto ao porte indevido de equipamentos eletrônicos;
  • fotos e vídeos postados em redes sociais com imagens da sala de exame.

Saiba mais sobre os concursos da Segurança Pública do MT

São quarto concursos públicos da SESP. Tanto a Polícia Militar quanto o Corpo de Bombeiros oferecem vagas para soldado e oficial. No caso da Politec, estão em disputa chances para perito oficial criminal, perito médico-legista e perito odonto-legista. Os postos na Polícia Civil, por sua vez, são para escrivão e investigador. Veja nos links abaixo detalhes sobre cada um:

Embora o número de vagas não esteja definido nos editais, o Executivo pretende contratar 1.200 servidores ao longo de 2022. Todos os cargos exigem nível superior e pagam salários que variam de R$ 3.313,38 a R$ 13.982,41.

++++Acompanhe mais notícia sobre concursos e Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.