MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Inflação, medida pelo IGP-10, cresce 2,48%, mas taxa tem tendência de queda, indica FGV

Mesmo com um índice de inflação ainda considerado bem alto, o IGP-10 acumulado nos últimos 12 meses indica uma tendência de queda na pressão inflacionária

Victor Meira | victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 18/04/2022, às 11h02

None
Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A inflação ainda continua com uma forte alta no acumulado dos últimos 12 meses, conforme apresenta o Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10). Em abril, o indicador aponta uma variação positiva de 2,48%, uma taxa superior ao 1,18% do mês anterior. 

Com isso, o IGP-10 acumula taxas de inflação de 7,63% no ano e de 15,65% em 12 meses. Apesar do resultado ainda ser considerado alto, o índice registra uma tendência de queda na pressão inflacionária, sendo que esta já é a 11º recuo consecutivo da inflação acumulada em 12 meses. 

Haja vista que em abril do ano passado o índice registrava inflação de 1,58% no mês e acumulava taxa de 31,74% em 12 meses.

Os dados foram apresentados, na manhã desta segunda-feira (18), pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV-Ibre). 

O movimento de alta foi puxado pelos três subíndices que compõem o IGP-10. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede o atacado, subiu de 1,44% em março para 2,81% em abril.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede o varejo, subiu de 0,47% para 1,67% no período. Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) passou de 0,34% para 1,17%.

O coordenador dos Índices de Preços do FGV-Ibre, André Braz, aponta os combustíveis foram os principais responsáveis pelo avanço do IPA, que passou de 1,44% em março para 2,81% em abril. 

“As pressões inflacionárias andam muito disseminadas e, mesmo excluindo a contribuição da gasolina (0,15% para 18,73%) e do diesel (0,24% para 24,90%) no IPA, a variação média do índice ao produtor ficaria em 1,81%, superando a variação apurada pelo IPA em março”, afirma Braz, em nota. 

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.