MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

IPI zerado entra no radar do governo federal: "acabar com o IPI é a reforma tributária"

Vice-presidente e ministro Geraldo Alckmin (PSB) disse nesta segunda (16) em encontro com representantes da indústria que o governo pretende zerar o IPI

Vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB)
Vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB) - Agência Brasil - Governo pretende zerar IPI
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 16/01/2023, às 19h50

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Zerar o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) é uma das metas do governo federal. O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB), afirmou nesta segunda-feira (16) que "acabar com o IPI é a reforma tributária". 

A declaração foi dada na manhã de hoje durante assembleia extraordinária que foi convocada pelo próprio governo para ouvir as demandas do setor industrial. Participaram da reunião os representantes da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

+ Primeira mulher assume a presidência do Banco do Brasil em 214 anos; conheça Tarciana Medeiros

IPI zerado; Saiba mais 

Alckmin afirmou no encontro que a próxima meta do governo é a de zerar o IPI. O vice-presidente afirmou que existia uma possibilidade da redução de 35% sobre o imposto ser cancelada. 

“Nós conseguimos retirar isso. Não ser incorporado à proposta. Não foi incorporado. A próxima meta é acabar com o IPI. E acabar com o IPI é a reforma tributária”, afirmou o também ministro durante conversa com o setor. 

Reforma tributária também volta a discussão 

Em outras medidas, como a promessa de redução zero do IPI, o Palácio do Planalto também quer voltar a discutir a reforma tributária, que é um debate cobrado por anos pelos setores produtivos do país. 

No momento, existem duas propostas de emenda à Constituição que tramitam no Congresso Nacional. “Eu diria que a reforma tributária é central. Ela pode fazer o PIB crescer. Ela pode trazer eficiência econômica, simplificando a questão tributária”, acrescentou.

Brasil mais competitivo

Ainda durante o encontro com o setor, Alckmin afirmou que o Brasil precisa trazer uma maior competitividade para a indústria no sentido de atender os desejos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é o de gerar empregos. 

“O presidente Lula tem destacado que o foco é emprego e renda e quem gera emprego e renda é o setor produtivo. Por isso, precisamos fortalecer a indústria e fortalecer a agricultura”, disse ele, ressaltando a desburocratização e a queda da taxa de juros para a retomada do setor. 

*Com informações da Veja e da Band

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.