MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

MEIs enfrentam instabilidade no novo sistema de emissão de NFS-e; saiba o que fazer

Alguns usuários afirmam que só conseguem usar a ferramenta para emitir documentos durante a madrugada. Aproximadamente 2 milhões de NFS-e foram emitidas por meio do sistema nacional

Aproximadamente 2 milhões de NFS-e foram emitidas por meio do sistema nacional
Aproximadamente 2 milhões de NFS-e foram emitidas por meio do sistema nacional - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 25/09/2023, às 19h39

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A obrigatoriedade do novo sistema nacional para a emissão de notas fiscais eletrônicas, que entrou em vigor no dia 1º de setembro para os Microempreendedores Individuais (MEIs) em todo o Brasil, tem gerado preocupações devido às dificuldades relatadas pelos usuários em sua utilização.

Desde o seu lançamento, empreendedores enfrentam uma série de obstáculos ao tentar utilizar a plataforma, que vão desde problemas de acesso até erros durante o processo de geração da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e). Alguns usuários afirmam que só conseguem usar a ferramenta para emitir documentos durante a madrugada, quando a demanda é menor.

No primeiro dia de obrigatoriedade, foram registradas instabilidades na plataforma, que a Receita Federal atribuiu ao "aumento no volume de emissão da NFS-e pelos microempreendedores individuais". Apesar das expectativas de melhoria, os problemas persistem.

+++ INSS antecipa perícia médica para pagamento do auxílio doença

Aproximadamente 2 milhões de NFS-e foram emitidas por meio do sistema nacional

Embora os relatos de dificuldades venham crescendo, a Receita Federal insiste que "o sistema de emissão de NFS-e está respondendo adequadamente ao grande número de usuários que passaram a utilizá-lo desde o dia 1º de setembro". A instituição reconheceu que, nos primeiros dias, devido ao aumento do uso, houve registros de lentidão e instabilidade, o que levou à necessidade de aprimorar o desempenho do sistema.

Desde o início da obrigatoriedade, aproximadamente 2 milhões de NFS-e foram emitidas por meio do sistema nacional. No entanto, as dificuldades persistem, e os microempreendedores individuais continuam a enfrentar problemas, como relatou Cristiano Lobato, sócio da CEV Contadores. Ele afirmou que seus clientes têm enfrentado obstáculos, incluindo o fato de o sistema sair do ar quando tentam finalizar o processo.

A transição para a emissão de notas fiscais eletrônicas por meio do portal do Governo Federal tem se mostrado desafiadora para os MEIs, conforme destacou o especialista. Edvaldo Machado Novais, empresário, relatou que só consegue emitir notas durante a madrugada devido às dificuldades de acesso e travamentos no sistema durante o dia.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.