MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Não perca o seu dinheiro suado: criminosos aplicam novo golpe do Pix

Vítima é atraída pelas redes sociais com promessa de ganho fácil e levada a fechar "negócio" pelo WhatsApp, mas acaba sem dinheiro. Conheça o novo golpe do Pix

MYLENA LIRA | REDACAO@JCCONCURSOS.COM.BR
Publicado em 15/07/2022, às 15h55

Golpe do Pix: pessoa entrega notas de cinquenta reais
Golpe do Pix: pessoa entrega notas de cinquenta reais - Divulgação/Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O Pix chegou para facilitar as transações financeiras, seja entre particulares ou entre consumidor e fornecedor, por exemplo. Por meio dele, é possível transferir dinheiro na hora pelo próprio celular, sem pagar taxas. Porém, criminosos estão se aproveitando dessa tecnologia para lesar vítimas. O mais novo golpe do Pix é chamado de "Urubu do Pix".

Assim como no golpe do "Rei do Pix", os bandidos atraem as pessoas com a promessa de multiplicar em mais de 10x o valor repassado a eles. Por exemplo: pedem que transfiram R$ 50,00 para receber R$ 500,00 de retorno. Contudo, como diz o velho ditado: "quando a esmola é demais o santo desconfia".

Obviamente, dinheiro não cai do céu. Portanto, caso se depare com essa situação, fuja porque é cilada. Em geral, as pessoas são atraídas por anúncios feitos em perfis nas redes sociais, principalmente no Twitter e no Instagram. De lá, os criminosos chamam para uma conversa no WhatsApp, onde convencem a vítima de que o ganho fácil é possível com um simples Pix.

+Governo amplia prazos para fazer atualização de dados dos Cadastro Único

Não seja feito de laranja

Porém, nem todo mundo que envia a quantia solicitada recebe o valor multiplicado de volta, sendo bloqueada na sequência. E mesmo quando o golpista transfere a grana, quem participa da transaçao não sai na vantagem porque está sendo usado para um esquema de crime de estelionato. Isso porque você será o laranja que permitirá a ele  trocar dinheiro "sujo", obtido por meio de contas e cartões clonados de outras pessoas, por dinheiro "limpo", vindo da sua conta bancária regular.

Desta forma, os bandidos recebem um valor menor, mas lícito, que poderão usar normalmente, e transferem quantia retirada de outra pessoa por meio de clonagem de cartão ou contas hackeadas. Portanto, apesar da proposta parecer tentadora, não aceite fazer parte desse esquema porque poderá responder pelo crime de estelionato, que tem pena de reclusão de até cinco anos.

Na postagem abaixo, feita no Twitter, é possível ver o comentário de uma usuário que afirma ter perdido dinheiro ao cair no golpe. "Outro para ser excluído do Twitter por enganar as pessoas com fraudes. Estou disposto a f*** todos já que ele não me pagou". Confira:

 

 

Golpe do Pix agendado

Outra fraude relatada recentemente por algumas pessoas também relacionada ao sistema Pix é o golpe do agendamento. Você já deve ter visto a possibilidade de agendar a transferência de determinada quantia via Pix. Ocorre que golpistas contratam serviços ou compram produtos, mas ao invés de pagarem na hora, programam a transferência para data futura.

+Varíola dos macacos: devemos nos preocupar? Saiba tudo sobre a doença

Na sequência, manipulam o comprovante com aplicativos de edição de imagem para omitir o agendamento e enviam ao vendedor como se a transferência já tivesse sido feita. Assim, conseguem o produto, mas na sequência cancelam o agendamento e a pessoa que já entregou o item fica no prejuízo, sem receber o dinheiro. Algumas atitutes podem evitar cair nesse golpe:

  • não entregue o produto sem ver o comprovante de transferência;
  • leia atentamente o comprovante de Pix antes de realizar o serviço contratado, pois pode ter sido manipulado;
  • aguarde o recebimento da mensagem do banco com a confirmação da transferência;
  • o criminoso pode dar a desculpa de que a mensagem não chegou por problema no sistema bancário, não acredite;
  • para ter certeza do pagamento, acesse a sua conta bancária na hora para confirmar se o valor foi creditado via Pix.

Vale ressaltar que o comprovante de transferência Pix sempre contém os seguintes dados: número de ID ou transação; valor da transação; data e hora; descrição da transação; informações do destinatário; e dados do pagador. Na ausência de qualquer uma das informações, desconfie porque pode ser o golpe do Pix agendado ou outra forma de lesionar você.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.