MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Opções de investimentos seguros para transformar o 13° salário em reserva de emergência

Construir a reserva de emergência é o ponto de partida no mundo dos investimentos. Saiba para que serve e quais são os investimentos seguros para aplicar o 13° salário com essa finalidade

Várias notas de cinquenta e cem reais
Várias notas de cinquenta e cem reais - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 18/12/2023, às 19h33

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Quer começar o ano novo com uma reserva de emergência? Investir o 13° salário é uma boa opção para quem não tem dívidas a serem quitadas com a entrada desse pagamento adicional. O prazo final para empregadores efetuarem o depósito da segunda e última parcela do benefício trabalhista encerra na próxima quarta-feira, 20 de dezembro.

Também conhecido como gratificação natalina ou abono natalino, ele é um direito assegurado aos trabalhadores com carteira assinada, sejam eles urbanos, rurais ou empregados domésticos. Trabalhadores com contrato temporário também fazem jus ao salário extra, assim como aposentados e pensionistas do INSS.

Entretanto, a legislação estabelece que apenas aqueles que trabalharam por no mínimo um ano na mesma empresa têm direito ao valor integral no final do ano. Aqueles que tiveram uma jornada menor recebem quantia proporcional, de acordo com os meses trabalhados.

+Saiba qual será o impacto da reforma tributária na cesta básica, no combustível e nos remédios

Reserva de emergência deve ser primeiro passo

Ao entrar no universo dos investimentos, é fundamental compreender a importância de construir uma reserva de emergência como ponto de partida. Esta reserva atua como um amortecedor financeiro, permitindo que você enfrente imprevistos, como despesas médicas inesperadas, reparos domésticos ou até mesmo perda de emprego, sem comprometer seus investimentos de longo prazo. 

Por isso, antes de explorar oportunidades mais amplas no mundo dos investimentos, a construção dessa reserva deve ser a prioridade para todos os investidores, sejam iniciantes ou experientes. Ela oferece tranquilidade e liberdade, evitando que você precise recorrer a empréstimos caros ou venda prematura de ativos em momentos de urgência.

+Com início do verão, semana terá o dia mais longo do ano; Entenda o fenômeno

Tesouro Direto: investimento seguro

Dentro do vasto leque de opções disponíveis para construir uma reserva de emergência, o Tesouro Direto se destaca como uma escolha segura e acessível. Trata-se de uma modalidade de investimento em títulos públicos do governo brasileiro, que oferece baixo risco e liquidez diária.

Algumas razões pelas quais o Tesouro Direto é uma ótima opção para construir sua reserva de emergência incluem:

  • Segurança e Baixo Risco: Os títulos do Tesouro Direto são considerados investimentos de baixo risco, uma vez que envolvem o pagamento pelo governo federal. Isso garante uma maior segurança em comparação com algumas alternativas no mercado.
  • Liquidez Diária: Em situações de emergência, é essencial ter acesso imediato aos recursos. O Tesouro Direto oferece liquidez diária, permitindo que você resgate seus recursos a qualquer momento.
  • Acessibilidade e Flexibilidade: Com investimentos a partir de valores acessíveis, o Tesouro Direto é uma opção democrática para investidores iniciantes. Além disso, a diversidade de títulos disponíveis permite adequar seus investimentos às suas necessidades e objetivos.

A popularidade do Tesouro Direto entre pequenos investidores é notável, visto que a maioria das vendas no primeiro semestre deste ano foi composta por aplicações de até R$ 5 mil, com aportes de até R$ 1 mil representando mais da metade dessas operações. O interesse por papéis vinculados aos juros básicos cresceu muito neste ano devido ao alto nível da taxa Selic.

Em março de 2021, o Banco Central (BC) começou a elevar a Selic. A taxa, que estava em 2% ao ano, no menor nível da história, saltou para 13,75% ao ano. Em agosto, o BC iniciou o ciclo de redução da Selic, mas, mesmo com a expectativa de queda dos juros básicos neste semestre, os investidores continuam a comprar esses títulos.

Já os papéis vinculados à inflação (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA) são os segundos mais adquiridos em 2023 (com participação nas vendas na casa dos 20%), enquanto os prefixados - com juros definidos no momento da emissão e retorno financeiro determinado, sem brecha para surpresas - vêm em terceiro lugar, com média superior a 10% das vendas.

Opções do Tesouro Direto para aplicar o 13° salário

Atualmente, existem três opções de títulos do Tesouro Prefixado, dois do Tesouro Selic, seis do Tesouro IPCA+, oito do Tesouro Renda+ e 15 títulos do Tesouro Educa+. Esses dois últimos foram lançados neste ano e são destinados a complementar a aposentadoria e a investir nos estudos, respectivamente. Saiba mais sobre cada um aqui.

A lista completa dos títulos que podem ser comprados atualmente pode ser consultada aqui. Na página, é possível simular o investimento, com previsão do retorno financeiro, antes de optar por um deles. Abaixo, listamos alguns que podem ser adquiridos:

TESOURO PREFIXADO 2026

  • Rentabilidade anual: 10,85%
  • Investimento mínimo: R$ 31,69
  • Preço Unitário: R$ 792,48
  • Vencimento: 01/01/2026

TESOURO PREFIXADO 2029

  • Rentabilidade anual: 11,60%
  • Investimento mínimo: R$ 33,78
  • Preço Unitário: R$ 563,01
  • Vencimento: 01/01/2029

TESOURO PREFIXADO com juros semestrais 2033

  • Rentabilidade anual: 11,86%
  • Investimento mínimo: R$ 37,06
  • Preço Unitário: R$ 926,55
  • Vencimento: 01/01/2033

TESOURO SELIC 2026

  • Rentabilidade anual: SELIC + 0,0376%
  • Investimento mínimo: R$ 138,63
  • Preço Unitário: R$ 13.863,21
  • Vencimento: 01/03/2026

TESOURO SELIC 2029

  • Rentabilidade anual: SELIC + 0,1532%
  • Investimento mínimo: R$ 137,61
  • Preço Unitário: R$ 13.761,71
  • Vencimento: 01/03/2029

TESOURO IPCA+ 2029

  • Rentabilidade anual: IPCA + 5,74%
  • Investimento mínimo: R$ 30,33
  • Preço Unitário: R$ 3.033,48
  • Vencimento: 15/05/2029

TESOURO IPCA+ 2035

  • Rentabilidade anual: IPCA + 5,84%
  • Investimento mínimo: R$ 42,97
  • Preço Unitário: R$ 2.148,50
  • Vencimento: 15/05/2035

TESOURO IPCA+ 2045

  • Rentabilidade anual: IPCA + 5,98%
  • Investimento mínimo: R$ 35,56
  • Preço Unitário: R$ 1.185,63
  • Vencimento: 15/05/2045

TESOURO IPCA+ com juros semestrais 2032

  • Rentabilidade anual: IPCA + 5,75%
  • Investimento mínimo: R$ 42,49
  • Preço Unitário: R$ 4.249,48
  • Vencimento: 15/08/2032

TESOURO IPCA+ com juros semestrais 2040

  • Rentabilidade anual: IPCA + 5,89%
  • Investimento mínimo: R$ 42,30
  • Preço Unitário: R$ 4.230,67
  • Vencimento: 15/08/2040

TESOURO RENDA+ aposentadoria extra 2030

  • Rentabilidade anual: IPCA + 5,91%
  • Investimento mínimo: R$ 34,52
  • Preço Unitário: R$ 1.726,22
  • Vencimento: 15/12/2049

TESOURO RENDA+ aposentadoria extra 2035

  • Rentabilidade anual: IPCA + 5,96%
  • Investimento mínimo: R$ 38,54
  • Preço Unitário: R$ 1.284,90
  • Vencimento: 15/12/2054

TESOURO RENDA+ aposentadoria extra 2040

  • Rentabilidade anual: IPCA + 6,00%
  • Investimento mínimo: R$ 38,16
  • Preço Unitário: R$ 954,05
  • Vencimento: 15/12/2059

Como investir em Títulos Públicos no Tesouro Direto?

Para investir o 13° salário no Tesouro Direto, você só precisa ter um Cadastro de Pessoa Física (CPF). Porém, para adquirir títulos públicos é necessário ter uma conta em uma instituição financeira habilitada, como um banco ou uma corretora. Você pode realizar esse processo totalmente online, sem sair de casa, na página oficial do Tesouro Direto.

Após a abertura da conta, você receberá uma senha provisória enviada pela B3 para o e-mail informado. No primeiro acesso, será necessário criar uma nova senha com entre 8 e 16 dígitos, contendo letras, números e caracteres especiais.

O login é o seu CPF, e é importante mantê-lo em sigilo. Essa senha permitirá o acesso à área exclusiva do site do Tesouro Direto, onde você poderá realizar investimentos, resgates e consultar saldos.

Após o cadastro, você pode investir no Tesouro Direto de três formas:

  • Diretamente no site/app do Tesouro Direto, acessando o Portal do Investidor e negociando seus títulos públicos;
  • Diretamente no site/app da sua Instituição Financeira, se ela for um agente integrado com o Tesouro Direto. Isso permite investir e resgatar títulos públicos pelo site da mesma, em tempo real e com os mesmos preços e taxas do Tesouro Direto; e
  • Sua Instituição Financeira faz por você, mediante autorização. Nesse caso, você autoriza a instituição a negociar os títulos públicos em seu nome.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.