MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

PEC dos Auxílios: Lula diz que Bolsonaro "acha que vai comprar" o povo; Entenda

A PEC dos Auxílios dobra valor do Vale Gás, cria benefício para caminhoneiros e taxistas e amplia Auxílio Brasil. Para Lula, essa seria uma manobra eleitoral de Bolsonaro para conseguir votos

MYLENA LIRA | REDACAO@JCCONCURSOS.COM.BR
Publicado em 10/07/2022, às 15h16

Pec dos Auxílios: Bolsonaro aponta e dá risada
Pec dos Auxílios: Bolsonaro aponta e dá risada - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Ontem, 9 de julho, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, atual candidato melhor colocado nas pesquisas de intenções de voto das eleições 2022 para ocupar novamente a presidência da República, afirmou que a PEC dos Auxílios é manobra eleitoral de Bolsonaro, que "acha que vai comprar" o povo com "um programa para seis meses".

A declaração foi dada durante ato da pré-campanha, na cidade de Diadema, no ABCD Paulista. A PEC dos Auxílios, como é chamada a proposta de emenda à constituição de Bolsonaro, prevê subir o Auxílio Brasil para R$ 600, dobrar o Vale Gás e cria benefício de R$ 1 mil para caminhoneiros e taxistas. O impacto financeiro da medida seria de R$ 41,25 bilhões, acima do teto de gastos permitidos.

Lula não criticou os benefícios, mas a jogada que visaria conseguir mais votos para a sua reeleição. "Por que esse fascista pensa que o povo vai ser tratado como se fosse ignorante ou gado? Ele acha que vai comprar dando um programa para seis meses. Se o dinheiro cair na conta de vocês, peguem e comprem o que comer. E na hora de votar deem uma banana neles e votem para a gente mudar a história desse país", ressaltou o petista.

+São Paulo ganha novo hospital veterinário público; Veja quem pode ser atendido

PEC dos Auxílios: manobra eleitoral

Para dar ar de legalidade ao gasto extra, um estado de emergência deve ser decretado no país até 31 de dezembro de 2022. Logo, o pacote de bondade valeria apenas por, no máximo, seis meses. Bolsonaro sempre foi crítico dos programa sociais de transferência de renda concedidos à população no governo de Lula e Dilma e queria valor menor para o Auxílio Emergencial e o Auxílio Brasil lá atrás.

Agora, às vesperas das eleições, muda a postura e toma providências consideradas populistas. Além de Lula, a presidente do PT, Gleise Hoffmann, classifica a conduta do atual presidente como de "emergência eleitoral", pois "se tivessem preocupação com o povo já teriam tomado medidas antes", conforme publicou o UOL.

O presidente do PDT, Carlos Lupi, considera a PEC dos Auxílios um oportunismo eleitoral. Porém, apesar de criticar a ação de Bolsonaro, a oposição aprovou a proposta no Senado e o plenário da Câmara dos Deputados vai votar a matéria na próxima terça-feira (12).

+Aposentados: 6 dos 10 melhores países para viver estão na América Latina; Veja lista

Lula mantém vantagem sobre Bolsonaro

Mesmo com a PEC dos Auxílios, o atual presidente continua em segundo lugar nas pesquisas eleitorais. Levantamento divulgado na última quarta-feira (6) pelo PoderData mostram que Lula (PT) tem 44% das intenções de votos no 1º turno, enquanto o candidato à reeleição pelo Partido Liberal aparece com 36%.

Lula também leva a melhor na simulação de um possível 2º turno, desbancando o ex-capitão do Exército com 50% contra 38%. A pesquisa foi realizada entre os dias 3 e 5 de julho, mediante entrevista por telefone com 3 mil cidadãos de 317 cidades nos 26 estados e no Distrito Federal. O percentual de confiança é de 95%.

Ao analisar a região e o perfil dos eleitores, Lula tem maior apoio:

  • no Nordeste (56% contra 30% do atual presidente);
  • entre as eleitoras mulheres;
  • na faixa-etária dos mais jovens (16 a 24 e 25 a 44 anos); e
  • entre as pessoas de renda mais baixa.

Bolsonaro, por sua vez, tem desempenho melhor no Norte (56%; Lula tem 36%). Nas demais regiões, os dois têm empate técnico. O atual chefe da nação se destaca mais entre as pessoas que ganham 5 ou mais salários.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos. 

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.