MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

PIB dos EUA cai segunda vez seguida e gera preocupações no mundo

Mesmo com o PIB dos EUA em queda, Fed, espécie de Banco Central americano, deve manter a política de aumentar os juros para segurar a inflação

Victor Meira | victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 28/07/2022, às 11h20

None
Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A crise mundial na economia está afetando a todos os países do mundo, inclusive os EUA. Nesta quinta-feira (28), o Departamento de Comércio americano anunciou que o PIB dos EUA caiu a uma taxa anualizada de 0,9% no último trimestre, bem acima da projeção do mercado financeiro que esperava uma recuperação de 0,5%.

Esta já é a segunda queda seguida do PIB americano. Dessa forma, a economia norte-americana já atende ao critério de recessão. No primeiro trimestre,  o PIB contraiu 1,6%.

+Inscrições para o Prouni 2022 iniciam na próxima semana; saiba como se inscrever

Em meio a queda da economia, a inflação americana atingiu o seu maior nível em 41 anos, quando o CPI (sigla em inglês para Índice de Preços ao Consumidor) de junho foi de 9,1%, no acumulado em 12 meses. Ela também ficou acima do esperado, uma vez que o mercado projetava 8,8%.

Diante disso, o Fed (Federal Reserve), espécie de Banco Central dos EUA, está com uma política de aumentar os juros para controlar a inflação ainda que a economia esteja em queda. Ontem (27), o Fed decidiu aumentar as taxas de juros para uma faixa de 2,25% a 2,5% – uma alta de 0,75 ponto percentual. Esta já é a quarta vez neste ano em que os juros são elevados. 

Com o aumento de 0,75 ponto percentual, o Fed manteve o ritmo de alta dos juros da reunião de junho, que já havia sido o maior aumento desde 1994.

+Ninguém acerta os números e prêmios da Mega-Sena e Quina estão acumulados em mais de R$ 20 milhões

De acordo com a ata do órgão, caso a inflação continue em movimento de alta, o Fed ainda irá manter a tendência de crescimento nos juros mesmo com a economia em recessão. 

Vale lembrar que os juros são um mecanismo para frear a inflação, contudo ele promove a queda no consumo e produção. Assim, a economia perde mais força.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.