MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

PM do Rio passa a usar câmeras nos uniformes em maio; saiba mais

Os equipamentos serão utilizados por agentes de dez batalhões da PM do Rio, todos na capital. Cerca de 8 mil câmeras devem ser adquiridas; confira

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 28/04/2022, às 16h24

Os equipamentos serão utilizados por agentes de dez batalhões da PM do Rio, todos na capital
Os equipamentos serão utilizados por agentes de dez batalhões da PM do Rio, todos na capital - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro vai começar a trabalhar com câmeras instaladas nos uniformes a partir do dia 16 de maio. A instalação obedece a uma lei aprovada pela Assembleia Legislativa do estado, em maio do ano passado. O objetivo é aumentar o controle sobre as atividades da PM do Rio e proporcionar maior segurança jurídica na abordagem.

Inicialmente, os equipamentos serão utilizados por agentes de dez batalhões, todos na capital. Mas até o final de maio, a tecnologia também será implantada em quatro municípios da região serrana. Somente nos três primeiros meses deste ano, foram registradas 318 mortes em ações de agentes de segurança pública no estado, e em muitos casos as famílias das vítimas alegaram que a agressão foi injustificada.

A polícia do estado de São Paulo já está usando a nova tecnologia, onde a letalidade policial caiu 85%, considerando os números dos 18 batalhões participantes. No Rio, as câmeras foram testadas no Réveillon.

+++Botão do pânico da Uber: ferramenta emite informações da corrida à PM; saiba mais

PM do Rio deve adquirir oito mil câmeras

De acordo com a Secretaria de Estado de Polícia Militar, as 8 mil câmeras adquiridas devem entrar em operação em todas as unidades convencionais de combate do Rio de Janeiro até o final do primeiro semestre deste ano. O Bope, o Batalhão de Operações Especiais, e o Batalhão de Choque receberão câmeras posteriormente.

Segundo o Coronel Luiz Henrique Marinho Pires, o processo de implantação segue as normas técnicas estabelecidas com a empresa contratante. Ele acrescentou que o sistema requer instalações adequadas para armazenar equipamentos, carregar baterias e armazenar imagens. Além disso, todos os agentes precisam ser treinados para usá-lo.

*Estagiário sob supervisão do jornalista Jean Albuquerque

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.