MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Prévia da inflação: preços das passagens aéreas surpreende e assusta consumidor

A prévia da inflação surpreendeu o mercado ao se manter estável mesmo com a forte alta das passagens aéreas

Avião no ar
Avião no ar - Freepik
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 26/10/2023, às 11h51

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A prévia da inflação oficial, medida pelo IPCA-15, ficou em 0,21% em outubro, abaixo do resultado de setembro, que foi 0,35%. O dado foi divulgado nesta quinta-feira (26) pelo IBGE e mostra que o principal fator de alta foi o aumento dos preços das passagens aéreas, que subiram 23,75% e contribuíram com 0,16 ponto percentual (p.p.) para o índice.

No acumulado do ano, o IPCA-15 registra 3,96%. Em 12 meses, a taxa chega a 5,05%, acima dos 5% observados em setembro.

Prévia da inflação: transportes 

O grupo de transportes foi o que mais influenciou a prévia da inflação, com alta de 0,78% e impacto de 0,16 p.p. no IPCA-15. Além das passagens aéreas, também tiveram aumento os preços dos automóveis novos (1,11%), dos automóveis usados (1,02%) e do seguro voluntário de veículo (1,29%). Por outro lado, os combustíveis registraram queda de 0,44%, puxada pela gasolina (-0,56%), pelo etanol (-0,27%) e pelo gás veicular (-0,27%). Apenas o diesel teve alta, de 1,55%. 

Outros grupos 

Sete dos nove grupos pesquisados tiveram variação positiva em outubro. Os destaques foram habitação (0,37%), artigos de residência (0,66%), vestuário (0,63%), saúde e cuidados pessoais (0,28%), despesas pessoais (0,22%) e educação (0,06%). 

Alimentação 

O único grupo que apresentou deflação em outubro foi o de alimentação e bebidas (-0,31%), que contribuiu com -0,07 p.p. para o IPCA-15. Os alimentos consumidos no domicílio ficaram mais baratos, principalmente o leite longa vida (-6,44%), o feijão-carioca (-5,31%), o ovo de galinha (-5,04%) e as carnes (-0,44%).  

Metodologia 

O IPCA-15 é calculado com base nos preços coletados entre os dias 15 do mês anterior e 13 do mês de referência. O indicador abrange as famílias com rendimento de um a 40 salários-mínimos e engloba as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador e Curitiba, além de Brasília e do município de Goiânia. 

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.