MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Projeções alarmantes: Brasil poderá registrar 554 mil mortes por câncer em 2050

Estudo também destaca a desigualdade entre países no acesso a serviços de tratamento e cuidados paliativos. A pesquisa abrangeu 115 países, com base em dados de 2022

A pesquisa abrangeu 115 países, com base em dados de 2022
A pesquisa abrangeu 115 países, com base em dados de 2022 - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 01/02/2024, às 18h21

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (Iarc), vinculada à Organização Mundial da Saúde (OMS), divulgou nesta quinta-feira (1º) projeções alarmantes para o cenário do câncer no Brasil. Estima-se que o país poderá enfrentar um aumento de 98,6% nas mortes por câncer até 2050, atingindo cerca de 554 mil óbitos, em comparação com os 279 mil registrados em 2022.

📲 Junte-se ao canal de notícias do JC Concursos no WhatsApp

As preocupações não se limitam apenas às mortes, pois as projeções também indicam um aumento de 83,5% nos novos casos de câncer, alcançando 1,15 milhão até 2050, em comparação com os 627 mil casos registrados em 2022.

O levantamento, parte de uma pesquisa sobre o financiamento de serviços oncológicos e cuidados paliativos, destaca um desafio global na luta contra o câncer. A pesquisa abrangeu 115 países, com base em dados de 2022, e revelou que a incidência e mortalidade pelo câncer continuarão a crescer nos próximos anos.

O câncer de pulmão liderou os novos casos, seguido pelo câncer de mama feminino

A Iarc prevê que, até 2050, o mundo enfrentará 35 milhões de novos casos de câncer, representando um aumento de 77% em relação aos 20 milhões de casos de 2022. A agência aponta que o rápido crescimento da incidência global de câncer está associado ao envelhecimento da população, ao aumento demográfico e à maior exposição a fatores de risco como tabaco, álcool, obesidade e poluição do ar.

O Observatório Global do Câncer, da Iarc, divulgou novas estimativas que revelam que 10 tipos de câncer representaram cerca de dois terços dos novos casos e mortes em todo o mundo em 2022. O câncer de pulmão liderou os novos casos, seguido pelo câncer de mama feminino, câncer colorretal, câncer de próstata e câncer de estômago.

O estudo também destaca a desigualdade entre países no acesso a serviços de tratamento e cuidados paliativos. Apenas 39% dos países estudados tinham tratamento oncológico como parte dos serviços de saúde universais, enquanto apenas 28% ofereciam serviços de cuidados paliativos. A Iarc enfatiza a necessidade urgente de abordar as desigualdades no tratamento do câncer em todo o mundo.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.