MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Projeto quer limitar em 100% a cobrança de juros do valor da dívida. Entenda proposta

A lei contribuirá para uma relação mais justa entre instituições financeiras e clientes. A medida pode representar um avanço na proteção dos direitos do consumidor

A lei contribuirá para uma relação mais justa entre instituições financeiras e clientes
A lei contribuirá para uma relação mais justa entre instituições financeiras e clientes - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 29/05/2023, às 00h12

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Um Projeto de Lei está em análise na Câmara dos Deputados que busca instituir a Lei Antiganância no Brasil. O PL 398/23 visa proibir a cobrança de juros em montante que ultrapasse 100% do valor do bem ou serviço adquirido por meio de cartão de crédito, ou cheque especial.

Conforme a proposta, o pagamento de juros correspondente ao valor total do bem ou serviço adquirido automaticamente quitará o débito, independentemente das cláusulas contratuais. Caso haja tentativa de cobrança de juros acima desse limite, o destinatário da cobrança terá o direito de receber do cobrador o dobro do valor exigido.

O autor do projeto, deputado Mauricio Neves (PP-SP), ressalta que a regulamentação do crédito utilizado para cobrir despesas cotidianas se faz necessária, uma vez que esses gastos são cada vez mais realizados por meio de cartões de crédito e cheque especial, levando muitas pessoas ao superendividamento.

+++ Dívida pública do Brasil aumenta 2,38% com manutenção da taxa Selic

A lei contribuirá para uma relação mais justa entre instituições financeiras e clientes

A proposta visa proteger os consumidores de juros abusivos, estabelecendo limites claros para as cobranças. Caso seja aprovada, a Lei Antiganância trará mais segurança financeira e equilíbrio nas relações de consumo relacionadas a cartões de crédito e cheque especial.

A Lei Antiganância surge em um momento em que o uso de cartões de crédito e cheque especial é cada vez mais comum nas despesas cotidianas. Com a regulamentação proposta, busca-se estabelecer limites claros para as cobranças de juros, garantindo que os consumidores não sejam prejudicados por práticas abusivas.

Caso aprovada, a lei contribuirá para uma relação mais justa entre instituições financeiras e clientes, promovendo maior transparência e responsabilidade nas operações de crédito. A medida pode representar um avanço na proteção dos direitos do consumidor e no enfrentamento do superendividamento, trazendo benefícios significativos para a população brasileira.

O PL 398/23 aguarda tramitação nas comissões da Câmara dos Deputados para ser discutido e votado. Se aprovado, seguirá para o Senado antes de ser sancionado pelo presidente da República para se tornar lei.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.