MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Quer lavar roupa de graça? Governo planeja instalar lavanderia pública comunitária

O governo federal, por meio do Ministério das Mulheres, financia a construção de lavanderias públicas de uso comunitário, onde a população poderá lavar roupa de graça

Presidente Lula fazendo o sinal de positivo com a mão direita
Presidente Lula fazendo o sinal de positivo com a mão direita - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 09/11/2023, às 20h18

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O governo federal, por meio do Ministério das Mulheres, financia a construção de lavanderias públicas de uso comunitário, onde a população poderá lavar roupa de graça. O prazo limite para municípios, estados e o Distrito Federal apresentarem propostas visando a instalação termina em 15 de novembro.

As lavanderias, além de ofertar a limpeza de vestuários sem custo, vão proporcionar um espaço de atividades formativas e promover debates sobre a economia feminista e a divisão do trabalho no lar. 

Segundo Rosane da Silva, secretária nacional de Autonomia Econômica do Ministério das Mulheres, a intenção dessas atividades é instigar reflexões sobre a divisão do trabalho entre homens e mulheres.

Ela enfatiza que o propósito fundamental é questionar se a partilha igualitária das tarefas domésticas não seria benéfica para a felicidade e organização familiar. "A ideia é que todos na família possam compartilhar as tarefas, proporcionando a liberação de tempo para todos os membros fazerem o que desejam", destaca.

+Concurso público: gestante tem direito a remarcar TAF, aprova CCJ

Saiba como vai funcionar

Essas lavanderias públicas, diferentemente de outros projetos existentes no país, serão inteiramente gratuitas para os usuários, assemelhando-se ao funcionamento de lojas privadas comuns. O serviço estará disponível para toda a comunidade, aberto tanto para mulheres quanto para homens.

A proposta é que as pessoas possam deixar suas roupas para lavar e retornar para buscá-las posteriormente, sem custos. Haverá pessoas para receber as roupas, lavar e entregar depois limpa.

Este projeto pioneiro, denominado de "projeto-piloto", tem previsão de atender até seis entes federativos selecionados por meio de convênios. O financiamento previsto varia de R$ 450 mil a R$ 650 mil, conforme as diretrizes do edital.

Além disso, as cidades e estados selecionados deverão providenciar os locais para as lavanderias, realizar a manutenção das unidades, contratar pessoal e fornecer os produtos necessários para a lavagem das roupas.

Para o ano corrente, o Orçamento Geral da União (OGU) alocou R$ 2,6 milhões para subsidiar esses convênios. No entanto, Rosane da Silva observa que esses valores foram definidos pela administração anterior, e há planos para um edital mais abrangente no segundo semestre de 2024, visando a ampliação do projeto.

Além disso, o edital exige que as cidades e estados interessados em receber os recursos das lavanderias públicas possuam uma estrutura administrativa voltada para políticas destinadas às mulheres. É necessário que tenham um "Organismo de Política para Mulheres", como secretarias ou órgãos equivalentes, e conselhos estaduais, municipais ou distritais da Mulher ativos.

Por fim, o Ministério das Mulheres também publicou um edital para apoiar projetos de organizações da sociedade civil, com o intuito de promover a formação de mulheres sobre autonomia econômica e cuidado. As propostas para este programa devem ser submetidas até o dia 24 de novembro, conforme as disposições do edital.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.