MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Saiba como consultar o valor do lucro do FGTS pelo celular AGORA!

A Caixa finalizou os depósitos do lucro do FGTS nas contas de 106, 7 milhões de trabalhadores com direito ao fundo. Veja como consultar pelo celular

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 01/08/2022, às 19h49

Notas de dinheiro
Notas de dinheiro - Canva - Consulta ao lucro do FGTS pelo celular
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A Caixa Econômica Federal (CEF) finalizou, no último dia 26 de julho, os depósitos nas contas dos trabalhadores no montante de R$ 13,2 bilhões, referente ao lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), do ano de 2021. Saiba como realizar a consulta dos valores pelo celular. 

Ao todo, 106,7 milhões de trabalhadores receberam crédito nas contas do fundo. Os beneficiários são aqueles que vincularam sua conta do FGTS ao saldo em 31 de dezembro do ano passado. Vale lembrar que muitos trabalhadores possuem mais de uma conta.

Os valores recebidos pelos trabalhadores dos lucros do FGTS não alteram as regras para sacar o fundo. Os saques só podem ser feitos nas condições estipuladas por lei, como demissão, aposentadoria, saques de aniversário, compra de casa própria e outros métodos de saque.

A distribuição do repasse é feita proporcionalmente a partir do saldo das contas vinculadas no dia 31 de dezembro de 2021. No ano passado, o índice aplicado sobre o saldo das contas em 31 de dezembro de 2020 foi de "0,01863517" ou de 1,86%. Trabalhadores com saldo maior, recebem mais. 

+++ Racismo: caso na Ana Maria Braga repercute nas redes sociais; editora foi demitida

Saiba como consultar saldo pelo celular AGORA 

O lucro do FGTS pode ser consultado no extrato vinculado à conta pelo celular das seguintes formas: 

A consulta também pode ser realizada a partir dos contatos disponibilizados pela Caixa: 3004-1104 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-726-0104 (demais regiões).

Em que situações o dinheiro do lucro do fundo pode ser sacado? 

  • Na demissão sem justa causa;
  • No término do contrato por prazo determinado;
  • Na rescisão do contrato por extinção total da empresa; supressão de parte de suas atividades; fechamento de quaisquer de seus estabelecimentos, filiais ou agências; falecimento do empregador individual, empregador doméstico ou decretação de nulidade do contrato de trabalho;
  • Na rescisão do contrato por culpa recíproca ou força maior;
  • Na rescisão por acordo entre o trabalhador e a empresa. Nesse caso, ele tem direito de sacar 80% do saldo da conta do FGTS;
  • Na aposentadoria;
  • No caso de necessidade pessoal, urgente e grave, decorrente de desastre natural causado por chuvas ou inundações que tenham atingido a área de residência do trabalhador, quando a situação de emergência ou o estado de calamidade pública for assim reconhecido, por meio de portaria do governo federal;
  • Na suspensão do trabalho avulso por prazo igual ou superior a 90 dias;
  • No falecimento do trabalhador;
  • Quando o titular da conta vinculada tiver idade igual ou superior a 70 anos;
  • Quando o trabalhador ou seu dependente for portador do vírus HIV;
  • Quando o trabalhador ou seu dependente estiver com câncer;
  • Quando o trabalhador ou seu dependente estiver em estágio terminal, em razão de doença grave;
  • Quando o trabalhador permanecer por 3 anos ininterruptos fora do regime do FGTS (sem emprego com carteira assinada), com afastamento a partir de 14/07/1990, podendo o saque, neste caso, ser efetuado a partir do mês de aniversário do titular da conta;
  • Quando a conta vinculada permanecer por três anos ininterruptos sem crédito de depósitos e o afastamento do trabalhador ter ocorrido até 13/07/1990;
  • Para aquisição da casa própria, liquidação ou amortização de dívida ou pagamento de parte das prestações de financiamento habitacional concedido no âmbito do SFH – nesse caso, é preciso ter 3 anos sob o regime do FGTS; não ser titular de outro financiamento no âmbito do SFH; não ser proprietário de outro imóvel;
  • Na amortização, liquidação de saldo devedor e pagamento de parte das prestações adquiridas em sistemas imobiliários de consórcio.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.