MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Sudeste representa quase metade dos eleitores e pode decidir Eleições 2022

Com 63 milhões de eleitores, o Sudeste pode decidir as Eleições 2022. O perfil do eleitor mudou com o aumento do número de idosos e mulheres; confira

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 27/04/2022, às 17h18

Com 63 milhões de eleitores, o Sudeste pode decidir as Eleições 2022.
Com 63 milhões de eleitores, o Sudeste pode decidir as Eleições 2022. - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Os cidadãos têm até 4 de maio para emitir, transferir ou regularizar o título de eleitor e votar nas Eleições 2022. O perfil do eleitor brasileiro mudou nos últimos anos, com aumento do número de idosos, mulheres e com nível superior.

A Justiça Eleitoral registrou 148,3 milhões de eleitores até março deste ano. Isso é um aumento de quase 30% em 20 anos. Para os jovens de 16 e 17 anos votar ainda é opcional, mas menos eleitores estão se registrando para títulos nessa idade. Atualmente, pouco mais de 1 milhão de jovens de 16 e 17 anos estão registrados na justiça eleitoral, em relação a 1,4 milhão na última eleição. A eleição de 2002 teve 2,2 milhões de eleitores nessa faixa etária.

Este ano, 78,5 milhões de mulheres se registraram para votar, o que representa 52,9% do eleitorado. As mulheres também eram maioria em 2002, mas representavam apenas 50,9% do eleitorado. Os eleitores com 60 anos ou mais representaram 30,2 milhões, ou 20,4% do eleitorado deste ano. Essa é uma porcentagem maior do que nas eleições anteriores, quando chegaram a 18,8%. Há vinte anos, os idosos representavam apenas 13,2%.

Quando é feito o recorte por região, o Sudeste concentra 63,2 milhões de eleitores ou 42,6% do total, o que pode fazer com que a região possa decidir as Eleições 2022. No entanto, foi a região Norte que teve o crescimento mais rápido nos últimos anos, atingindo 11,8 milhões de eleitores ou 8%. Só no estado do Pará, o número de eleitores passou de 3,6 milhões em 2002 para 5,7 milhões este ano. O eleitorado do Amapá quase dobrou, passando de 290 mil em 2002 para 529 mil neste ano.

+++Regiões com extrema pobreza incorporam mais benefícios além do Auxílio Brasil. Veja quais

Eleições 2022: cerca de 24 milhões de eleitores tem nível superior completo ou incompleto

Neste ano, 24,8 milhões de eleitores tinham ensino superior completo ou incompleto, ou 16,7% do total. Nas eleições anteriores, eram apenas 20,9 milhões ou 14,2%. A mudança é ainda mais significativa desde a eleição de 2002, quando apenas 5,3% dos eleitores tinham diploma universitário. Em comparação, há atualmente 5,6 milhões de eleitores analfabetos, ou 3,8% do total. Em 2002, o analfabetismo representava 7,2% dos eleitores.

Apenas uma pequena quantidade de 16 milhões de eleitores pertence a partidos políticos, representando 10,8% do total. A adesão é maior do que na eleição de 2002, quando atingiu 9,6 por cento do eleitorado.

*Estagiário sob supervisão do jornalista Jean Albuquerque

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.