MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Último lote de restituição do Imposto de Renda 2023 será pago hoje para 1,2 milhão de contribuintes

Cerca de 1,2 milhão de contribuintes recebem o último lote de restituição do Imposto de Renda 2023, totalizando R$ 1,96 bilhão em pagamentos. Saiba como verificar sua restituição e o que fazer se não a receber

Último lote de restituição do Imposto de Renda 2023 será pago hoje para 1,2 milhão de contribuintes
Agência Brasil
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 29/09/2023, às 08h12

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Cerca de 1,2 milhão de contribuintes que entregaram a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física estão prestes a receber um alívio financeiro nesta sexta-feira (29). Este é o último dos cinco lotes de restituição do Imposto de Renda de 2023, e também contempla restituições residuais de anos anteriores.

No entanto, é importante notar que aqueles que estavam esperando a restituição e ainda não a receberam estão em situação delicada, pois provavelmente caíram na "malha fina".

Se você estava esperando a restituição e ainda não a recebeu, é hora de verificar sua situação. O pagamento está sendo realizado na conta bancária ou na chave Pix do tipo CPF que você informou na declaração do Imposto de Renda. Caso você não esteja na lista de beneficiários deste lote, acesse o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) e obtenha o extrato da sua declaração. Se identificar alguma pendência, você pode enviar uma declaração retificadora e aguardar os próximos lotes residuais.

Restiuição do Imposto de Renda: detalhes sobre os pagamentos

Neste lote, a Receita Federal está desembolsando um total de R$ 1,96 bilhão para 1.261.100 contribuintes. Vale destacar que R$ 507,78 milhões, o que corresponde a 26% do valor total, estão sendo destinados a contribuintes com prioridade no reembolso.

A maioria dos contribuintes que receberão neste quinto lote não faz parte da lista de prioridades. No entanto, eles entregaram suas declarações até 15 de setembro, o que os torna elegíveis. Este é o primeiro lote a incluir contribuintes que enviaram suas declarações após o prazo final em 31 de maio.

Dentre os contribuintes com prioridade, a grande maioria optou por informar a chave Pix do tipo Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) na declaração do Imposto de Renda ou utilizou a declaração pré-preenchida. A informação da chave Pix se tornou uma novidade na declaração a partir deste ano.

Os demais contribuintes com prioridade legal incluem 7.402 idosos acima de 80 anos, 57.572 contribuintes entre 60 e 79 anos, 6.847 pessoas com alguma deficiência ou doença grave, e 19.864 contribuintes cuja principal fonte de renda é o magistério.

Como consultar sua restituição

A consulta ao status da restituição foi liberada no último dia 22 e pode ser realizada na página da Receita Federal. Basta acessar a seção "Meu Imposto de Renda" e, em seguida, clicar no botão "Consultar a Restituição". Além disso, a consulta também está disponível no aplicativo da Receita Federal para tablets e smartphones.

Se, por algum motivo, a restituição não for depositada na conta informada na declaração, como no caso de conta desativada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Nesse cenário, o cidadão pode agendar o crédito em qualquer conta bancária em seu nome através do Portal BB ou ligando para a Central de Relacionamento do banco.

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição após um ano, será necessário requerê-lo no Portal e-CAC. Ao acessar a página, siga para o menu "Declarações e Demonstrativos", clique em "Meu Imposto de Renda" e, em seguida, no campo "Solicitar Restituição não Resgatada na Rede Bancária".

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.