MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Vereador com discurso xenofóbico é expulso do partido Patriota: "inaceitável"

"A única cultura que eles [os baianos] têm é viver na praia tocando tambor", disse vereador em discurso xenofóbico

Vereador Fantinel em discurso xenofóbico
Vereador Fantinel em discurso xenofóbico - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 01/03/2023, às 20h12

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

"A única cultura que eles [os baianos] têm é viver na praia tocando tambor". Essa foi uma das falas xenofóbicas do vereador Sandro Luiz Fantinel, do Rio Grande do Sul, expulso do partido Patriota após pronunciamento desrespeitoso sobre o caso de trabalho escravo flagrado em vinícolas do estado.

Na última semana, o Ministério do Trabalho e emprego, por meio da Inspeção do Trabalho, deflagrou ação de combate ao uso de mão de obra análoga ao de escravo na colheita de uva no município. Ao todo, 208 trabalhadores que atuavam nos parreirais e prestavam serviço para vinícolas e cooperativas locais foram resgatados. A maioria deles era procedente do estado da Bahia.

Eles não recebiam salários, com dívidas permanentes, e trabalhavam em situação degradante, o que caracteriza o trabalho análogo à escravidão. Segundo o coordenador da ação local, o auditor fiscal do Trabalho, Vanius João de Araújo Corte, ao fazer a inspeção, foi encontrado no local máquina de choque elétrico e tubos de spray de pimenta.

O vereador xenofóbico sugeriu que os agricultores locais contratem argentinos, pois estes trabalhariam bem e sem dar trabalho. "Deixem de lado esse povo que é acostumado com Carnaval e festa, pra vocês não se incomodarem novamente. O parlamentar ainda ironizou a situação, negando que havia tratamento análogo ao dispendido aos escravos.

Para o Patriotas, a atitude de Fantinel é inaceitável e "está maculado por grave desrespeito a princípios e direitos constitucionalmente assegurados, à dignidade humana, à igualdade, ao decoro, à ordem, ao trabalho".

+Salários iguais para homens e mulheres: governo vai aumentar multa para as empresas

Defensorias repudiam xenofobia

As defensorias públicas do Rio Grande do Sul e da Bahia publicaram nota de repúdio conjunta contra as declarações do vereador Sandro Fantinel (Patriota), da cidade gaúcha de Caxias do Sul, e que foram feitas em plenário da Câmara Municipal nessa terça-feira (28). No texto, os órgãos consideram que o parlamentar envergonha a Casa legislativa "aos olhos do mundo".

Em sua fala nessa terça-feira (28), o vereador gaúcho deu um "conselho" a produtores e empresários do setor: não contratar mais "aquela gente lá de cima". O vereador defendeu a contração de argentinos que, segundo Sandro Fantinel, seriam limpos, trabalhadores, corretos, cumprem o horário, mantêm a casa limpa e no dia de ir embora ainda agradecem o patrão.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.