MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Você pode estar rico e nem sabe! BC recebe mais de 5 milhões de consultas sobre dinheiro esquecido

Segundo o Banco Central, há 38 milhões de pessoas físicas e 2 milhões de PJs para receber um valor aproximado de R$ 6 bilhões em dinheiro esquecido

Contando notas de R$ 50
Contando notas de R$ 50 - Divulgação
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 01/03/2023, às 15h41

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Com o sistema Valores a Receber do Banco Central (BC), houve diversos casos de pessoas que “esqueceram” mais de R$ 1 milhão em instituições financeiras. Vale mencionar que alguns casos são de pessoas comuns que não resgataram um prêmio de loteria ou consórcio de um imóvel ou carro. 

Diante disso, mais de 5 milhões de consultas foram realizadas no sistema do dinheiro esquecido em banco apenas em um dia. Contudo, há uma má notícia nisso: mais de 73% não encontraram nada nas contas. 

+Feirão Serasa Limpa Nome: descontos chegam a até 99%. Saiba tudo

O site Valores a Receber (SVR) registrou 5.067.914 consultas, e dessas, 26,6% foram positivas, ou seja, havia recursos a serem resgatados. O sistema foi reaberto ontem (28). Os saques ocorrerão a partir de 7 de março.

Segundo o BC, cerca de 38 milhões de pessoas físicas e 2 milhões de pessoas jurídicas têm cerca de R$ 6 bilhões a receber.

Dinheiro esquecido: sistema do Valores a Receber têm novidades

Foram incorporadas ao sistema algumas novidades, tais como a possibilidade de imprimir telas e protocolos de solicitação para compartilhamento pelo WhatsApp, além da inclusão de todos os valores previstos na norma do SVR. 

Ademais, foi implementada uma sala de espera virtual, que permite que todos os usuários realizem consultas no mesmo dia, sem precisar seguir um cronograma baseado em sua data de nascimento ou na data de fundação da empresa.

+ESTES trabalhadores poderão receber PIS/Pasep 2023 em março. Veja grupo

O sistema permite que herdeiros, testamentários, inventariantes ou representantes legais consultem os valores de pessoas falecidas. As informações fornecidas incluem a instituição responsável pelo valor e a faixa de valor correspondente. 

Além disso, o SVR agora oferece maior transparência para contas conjuntas: caso um dos titulares solicite o resgate de um valor esquecido, o outro titular poderá visualizar as informações relevantes, tais como o valor, a data e o CPF da pessoa que realizou o pedido.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.