Criação de comissão

A comissão irá desenvolver a proposta de um Conselho de Administração do IAMSPE.

Redação
Publicado em 02/07/2009, às 16h15

Um sonho acalentado pelo vice-presidente e, depois, presidente da Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo – AFPESP, o saudoso Nicolau Antonio Torloni, tem condições de se tornar realidade.

           

O Diário Oficial do Estado (Caderno Executivo) na edição de sábado último (20/06/2009), publicou a Portaria nº 23 de autoria da Superintendência do IAMSPE (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público) que determina a criação de uma Comissão de Estudos para desenvolver a proposta de um Conselho de Administração do IAMSPE, de natureza paritário, com a efetiva participação dos seus contribuintes, os servidores públicos.

           

Essa Comissão será secretariada pelo diretor de Imprensa da Federação das Entidades dos Servidores Públicos do Estado de São Paulo, Sylvio Micelli, que recentemente foi reeleito presidente da Comissão Consultiva Mista do IAMSPE (CCM), plenária de Entidades dos Servidores públicos que acredita na viabilidade do IAMSPE.

Meta   

Em palestra proferida em 23 de abril na reunião do Conselho Deliberativo da AFPESP, Micelli apresentou como meta transformar a CCM num Conselho de Administração, com poderes para gerir o IAMSPE. Na oportunidade destacou o trabalho de descentralização do IAMSPE, por meio de convênios, médicos e clínicas.

Modelo SPPrev          

Micelli ressaltou, a propósito da edição da portaria, ser um pleito histórico da CCM. “Nos últimos 25 anos, a CCM tem defendido que o IAMSPE precisa de mais recursos, além da participação do servidor na gestão do Instituto. Então, este início de trabalho é uma conquista que vamos colhendo pelo caminho", acredita.

           

Segundo o presidente da CCM IAMSPE o trabalho a ser desenvolvido pela Comissão deve ser similar a implantação do Conselho de Administração da São Paulo Previdência que trouxe como oxigenação a participação do servidor ao criar um Conselho de Administração para gerir uma autarquia de responsabilidade do servidor.  “Agora chegou a vez de fazer o mesmo no IAMSPE”, preconiza.

           

Com exceção de dirigentes da CCM, os componentes da Comissão são integrantes da direção do Instituto e representantes das entidades de servidores vinculadas ao IAMSPE.

Comentários

Mais Lidas