Executivos públicos

O presidente da Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo, desembargador aposentado Anton...

Redação
Publicado em 26/07/2007, às 16h43

O presidente da Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo, desembargador aposentado Antonio Luiz Ribeiro Machado, recebeu do presidente da Associação dos Executivos Públicos, Arnaldo Ponzio dos Santos, pedido de interferência junto ao governador José Serra, em favor dos executivos I, que ficaram excluídos da transformação de seus cargos de I para II.

Nesse pedido feito em 13 deste mês, esclarece que pelas Leis Complementares 719/93 e 722/93, os ocupantes desses cargos da Assembléia Legislativa e do Tribunal de Contas tiveram seus cargos transformados em II e os do Poder Executivo “esquecidos”, continuando no I. Emendas foram apresentadas. Apesar de reuniões realizadas, o governador decidiu vetar o projeto na sua totalidade, causando uma atitude incompreensível. Esses servidores em atividade e aposentados continuam, assim, sem reajuste salarial e de proventos durante 12 anos.

O presidente da AFPESP prometeu defender esses executivos e os funcionários do Poder Executivo que não têm aumento.

Comentários

Mais Lidas