Tudo Sobre

Empregos CEF

Caixa deve liberar editais a partir de março de 2012

Presidente Jorge Hereda promete a abertura de 400 agências em todo país e anuncia a convocação de 5 mil servidores até 2012. Ministério do Planejamento já autorizou o aumento de 87 mil para mais de 99 mil o número máximo de servidores do banco



Redação
Publicado em 01/11/2011, às 14h37

“A Caixa está fazendo um estudo para verificar e planejar sua expansão para os próximos anos, portanto, vai sim fazer concurso para o ano que vem. Os concursos sempre são para substituição de pessoal, mas nós vamos contratar além da substituição. Nós já pedimos a contratação de mais de 1.400 funcionários para a área de crescimento urbano ao governo e nós vamos chamar até o final do ano, início de 2012. E, no processo de ampliação para 2012, pretendemos abrir mais 400 agências em todo país e isso deve demandar pessoal também”, declarou, com exclusividade ao JC&E, Jorge Hereda, presidente da Caixa Econômica em evento na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Segundo Hereda, os estudos para a criação das novas agências estão adiantados, mas ainda não é possível detalhar quais Estados serão mais beneficiados. Os editais para técnico bancário novo e para as carreiras de advogado, engenheiro e arquiteto devem ser publicados já no primeiro trimestre de 2012. O presidente ainda confirmou que a empresa deverá convocar mais 5 mil aprovados para técnico bancário novo até dezembro de 2012. A medida visa atender um acordo firmado com o Sindicato dos Bancários, que cobrava um maior número de servidores por agência.

O ritmo de contratações pode ser ainda mais intenso. Jackeline Machado, diretora da Federação dos Bancários da Central Única dos Trabalhadores (FETEC) e representante da FETEC junto à Comissão Executiva dos Empregados da Caixa, informou que o teto de funcionários do banco era de 87 mil servidores, sendo que hoje atuam cerca de 85 mil. Porém, a portaria número 26 do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), de 21 de outubro, ampliou o teto de servidores da estatal para 99.024 empregados. “O nosso pedido de contratação de 5 mil servidores já ampliaria o quadro para 92 mil vagas. Essa portaria do Planejamento é uma medida extra acordo. Vamos ampliar nossa luta para que eles cumpram a cota autorizada”, disse Jackeline.

A carreira de técnico bancário novo tem como pré-requisito a escolaridade de nível médio. Como técnico bancário o profissional é responsável pelo atendimento aos clientes e ao público em geral, participando de diversas atividades bancárias e administrativas. O valor do salário inicial atual para jornada de 30h semanais é de R$ 1.784,00.

O edital que deverá ser publicado primeiro, possivelmente ainda este ano, é para a carreira de médico do trabalho.  Em 2012 devem sair os editais para advogado, engenheiro e arquiteto. O salário inicial para este grupo é de R$ 7.931,00.

A Caixa oferece benefícios como participação nos lucros e resultados, plano de saúde e de previdência complementar, auxílio refeição/alimentação no valor de R$ 435,16 e auxílio cesta-alimentação de R$ 339,08.

É importante lembrar que os aprovados serão contratados pelo regime de CLT – Consolidação das Leis do Trabalho.

Por dentro da Caixa – Jackeline Machado, diretora da Federação dos Bancários da CUT (FETEC) e representante da FETEC junto à Comissão Executiva dos Empregados da Caixa, explicou como acontece a progressão de carreira na instituição.

JC&E: Como é a progressão na Caixa? Há concursos internos, por exemplo?

Jackeline: A pessoa entra pelo concurso. Existe um período de experiência de 90 dias previsto em edital e após esse período, a pessoa é avaliada para continuar na empresa. Existe um salário de ingresso. Ela entra com esse valor, passados os 90 dias ela tem um reajuste de 2,3% no salário e vai para o piso dos bancários de R$ 1.806.  Há 47 níveis na carreira de técnico bancário porque a gente pensa numa vida profissional de 30 anos para a mulher e de 35 para o homem. Cada um deles permite que o salário tenha reajuste de 2,3%. Existe a evolução por antiguidade, a cada dois anos avança-se um nível, e, além disso, há uma avaliação por mérito, que permite avançar até dois níveis na tabela anualmente.

JC&E: E como a pessoa faz para ocupar cargo de gerente ou caixa, por exemplo?

Jackeline: A gente chama esses cargos de função. Para ocupar uma função há um processo seletivo interno, onde a pessoa faz um curso e depois pode concorrer uma vaga em alguma agência. A pessoa que ocupa essas funções recebe uma gratificação específica, porém o banco tem o poder de destituí-la a qualquer momento.

JC&E: Além da progressão de carreira, quais outros benefícios a Caixa oferece?

Jackeline: A gente tem plano de saúde, convênio médico, a nossa previdência privada – o Funcef (Fundo dos Economiários Federais), que conquistamos com muita luta. Do ponto de vista do mercado de trabalho eu recomendo: façam o concurso. Principalmente se a pessoa tiver tino para vendas. É uma carreira legal, embora exista uma pressão enorme por vendas em todos os bancos.

Aline Viana

Veja também:

São Paulo/ Sabesp abrirá 449 oportunidades em todo o Estado

PGE (SP)/ Órgão define organizadora para 250 vagas de oficial

+ Resumo Empregos CEF

CEF - Caixa Econômica Federal
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda

31/10/2012 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas