Tudo Sobre

Empregos Bancos

BB e Caixa prometem 6 mil contratações

Anúncio de abertura de vagas gera expectativa de novos concursos.



Redação
Publicado em 19/10/2009, às 14h36

No mês de setembro, a greve dos bancários começou a fazer parte dos noticiários de todo o país. Ao lado de reivindicações como reajuste salarial e pagamento de participação nos lucros e resultados, a classe exige também que as instituições bancárias aumentem o número de funcionários. Banco do Brasil (BB) e Caixa Econômica Federal (CEF), bancos públicos que costumam recrutar seus colaboradores por meio de concurso, já anunciaram futuras contratações. Confira as informações sobre a previsão de abertura de vagas nos dois órgãos.

CEF – Na última semana, a Caixa Econômica Federal apresentou proposta aos representantes dos bancários na tentativa de dar fim à greve da categoria. Entre os itens apresentados pela instituição, está a contratação de três mil novos funcionários em todo o Brasil.  

De acordo com a assessoria de comunicação do banco, ainda há um concurso dentro do prazo de validade para a eventual contratação de novos empregados. A assessoria não informou sobre a possível abertura de futuras seleções.

Na pauta de reivindicações específicas dos funcionários da Caixa para a campanha dos bancários 2009, pede-se, além desses três mil novos postos de trabalho previstos, a contratação imediata de mais colaboradores para que o banco alcance o número mínimo de 100 mil empregados. As novas vagas são necessárias, de acordo com a pauta reivindicatória, para suprir o aumento significativo da demanda em virtude da ampliação dos programas sociais atendidos pela Caixa e também para substituir colaboradores terceirizados.

Há ainda uma carta aberta à população, na qual os funcionários do banco pedem a participação da sociedade civil em uma campanha para que o órgão realize novas contratações. O texto diz que a melhoria no atendimento aos clientes só será possível quando a instituição aumentar seu quadro de funcionários.

A classe também exige a contratação imediata dos aprovados no último concurso do banco, realizado em 2008. Este processo seletivo formou cadastro reserva (CR) para técnico bancário em todas as regiões do Brasil, exceto nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

O concurso foi organizado pela Fundação Cesgranrio e as inscrições puderam ser efetuadas tanto no site da organizadora quanto nas agências do banco. A taxa de participação cobrada correspondeu a R$ 23.

Para participar da seleção, foi necessário comprovar ensino médio completo. Para uma jornada semanal de 30h, a remuneração inicial oferecida era de R$ 1.244. Também constava no edital o pagamento de outros benefícios, como participação nos lucros e auxílio refeição/alimentação.

Todos os inscritos passaram por avaliação objetiva, na qual foi cobrado conhecimento das disciplinas de português, matemática, atualidades, noções de ética, atendimento, conhecimentos bancários e informática.

BB – No fim de setembro, durante reunião com o Comando Nacional dos Bancários que negociava o fim da greve da categoria, o Banco do Brasil anunciou a contratação de três mil novos funcionários em 2010.

A assessoria de comunicação do órgão confirmou as futuras contratações e informou que a instituição analisará a carência de profissionais para só depois dar início ao recrutamento, seguindo as necessidades da instituição.

As contratações para o cargo de escriturário deverão ocorrer regionalmente. De acordo com a assessoria de imprensa, só serão realizados novos concursos nas localidades em que não existam seleções anteriores ainda em validade, onde os aprovados compõem o chamado cadastro reserva (CR).

No primeiro semestre de 2009, o Banco do Brasil realizou concurso de escriturário (nível médio) para formar cadastro reserva (CR) nos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Pará, Pernambuco, Rondônia e Roraima. No momento da inscrição, era necessário optar pela microrregião de preferência. Para uma jornada de trabalho de 30h semanais, o salário inicial correspondia a R$ 1.037,40.

O processo seletivo ficou sob a responsabilidade do Cespe/UnB, que cobrou taxas de inscrição no valor de R$ 42. Os candidatos enfrentaram exames objetivos de conhecimentos básicos (língua portuguesa, atualidades, matemática e raciocínio lógico) e conhecimentos específicos (informática, atendimento e conhecimentos bancários).

No total, o Cespe/UnB registrou 65.066 inscrições. O resultado final foi divulgado em julho e o concurso foi homologado no mesmo mês. A validade da seleção é de um ano e se esgota em julho de 2010.

Talita Fusco/SP

Veja também:

UFFS/PR/RS/SC: autorizado concurso para nova universidade

SEFAZ/SP: comissão de concurso já está formada

+ Resumo Empregos Bancos

Bancos
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda

19/10/2010 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas