Edital para 532 vagas prometido para agosto

Definição da PUC/PR como organizadora do concurso era último rito administrativo a ser cumprido antes da liberação do edital de abertura. Haverá oportunidades para os níveis médio e superior

Redação
Publicado em 27/07/2012, às 14h37

Avançaram significativamente os preparativos para a abertura do novo concurso para ingresso nos quadros da Defensoria Pública do Estado do Paraná. Este, na verdade, será o primeiro concurso para servidores no órgão. Está em vigor, atualmente, uma seleção para 197 vagas de defensor público. Ambos os concursos foram autorizados pelo governador Beto Richa em março deste ano.

A assessoria de imprensa da Defensoria havia antecipado ao JC&E que a ideia era divulgar dois editais distintos e com um espaço de tempo entre eles. A previsão passada em abril era de que o concurso para o quadro de servidores deveria abrir inscrições em agosto, hipótese fortalecida com o anúncio recente de que a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR) irá organizar a seleção.

Ofertas
Serão 532 oportunidades para profissionais de níveis médio e superior. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, as nomeações serão gradativas e, portanto, realizadas durante toda a validade do concurso (dois anos).

Isso quer dizer que, muito provavelmente, o número de vagas para efetivação imediata será inferior aos apontados nessa reportagem; que tomam como base o quantitativo autorizado pelo governador do Estado.

Para nível médio, serão 158 selecionados para vagas de técnicos administrativos, em informática, em recursos humanos e em rede de computadores.

Já para nível superior, haverá 374 ofertas para as especialidades de administração, biblioteconomia, contabilidade, economia, informática, psicologia, serviço social, psiquiatria, medicina clínica, estatística, assessor jurídico, comunicação social, jornalismo, engenharia, sociologia e secretariado executivo.

Reinaldo Matheus Glioche/SP

Comentários

Mais Lidas