Tudo Sobre

Concurso Educação

Editais poderão ser lançados já a partir deste mês

As 4.072 vagas de agente de organização escolar serão oferecidas de maneira descentralizada; cada diretoria de ensino publicará seu respectivo edital. Cargo exige nível fundamental completo e noções de informática.



Redação
Publicado em 08/06/2010, às 11h33

A assessoria de imprensa da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo (SEE/SP) confirmou que as 4.072 vagas autorizadas para o cargo de agente de organização escolar serão oferecidas de acordo com a necessidade de cada diretoria de ensino. Assim como as seleções para agente de serviços escolares, será responsabilidade de cada órgão publicar o respectivo edital e promover o processo seletivo.

Os interessados em concorrer às oportunidades devem ficar atentos, já que, segundo a assessoria, a previsão é que as seleções comecem a ser lançadas ainda em junho.

O despacho do governador de São Paulo, Alberto Goldman, que autoriza o preenchimento destas 4.072 ofertas foi publicado, recentemente, no Diário Oficial de São Paulo. As chances serão temporárias e os aprovados atuarão nas unidades de ensino por 12 meses. Vale lembrar que o contrato de trabalho não poderá ser prorrogado.

Requisitos e atribuições – Para exercer a função de agente de organização escolar, é preciso ter concluído o ensino fundamental. Os candidatos também terão que possuir conhecimentos básicos de informática. Como informou a secretaria, o vencimento corresponderá a R$ 654,86.

De acordo com o edital do último concurso, realizado em 2008, são atribuições do profissional dar suporte às ações da secretaria da escola e atender de modo efetivo à comunidade escolar.

Concurso anterior – No processo seletivo de 2008, a Secretaria de Educação publicou um edital unificado. Para participar, era preciso efetuar a pré-inscrição no próprio site da secretaria e já escolher a diretoria regional de ensino de preferência. Em seguida, era necessário pagar uma taxa no valor de R$ 8,18 e comparecer à diretoria de ensino escolhida para confirmar a participação no processo seletivo.

Havia vagas para todo o Estado de São Paulo, a exemplo da capital paulista e das cidades de São Bernardo do Campo, Osasco, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Campinas, Jundiaí, Ribeirão Preto, Santos etc. 

Os candidatos enfrentaram prova objetiva com 50 questões das disciplinas de português, matemática, informática e conhecimentos gerais (história, geografia do Brasil e atualidades). O edital previa também avaliação de títulos, em que certificados de conclusão de ensino médio e superior equivaliam, respectivamente, a cinco e dez pontos.

Talita Fusco/SP

Veja também:

TCU/DF: definido organizador de concurso para auditor

Procon: sancionada lei que cria novos cargos

+ Resumo do Concurso Educação

Educação
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Fundamental
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

08/06/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas